Header Ads

Game & Música: Ky Kiske e sua Holy Orders (Be Just or Be Dead) em Guilty Gear

Quando falamos de games e músicas, e pensando no nosso passado do site, é impossível não querer destrinchar os mil easter eggs de heavy metal que existem em Guilty Gear. Futuramente resgataremos o post que iniciamos, o qual falamos das referências de Sol Badguy envolvendo Queen e até mesmo Napalm Death. Hoje vamos ver sobre seu rival, o francês Ky Kiske e sua história e música.

Thunder King

Provavelmente os fãs de Helloween devem ficar perturbados por alguns momentos ao ver o nome do lutador. Isso porque pode dar uma leve travada na sua mente, até você se tocar que a origem do nome dele envolve dois vocalista da banda alemã de power metal: Michael Kiske e Kai Hansen. Se você está se perguntando por que do KAI, bem, em romanji o Ky é escrito como Kai. Sua aparência loira também pode ter ido nessa onda "alemã".

Kai Hansen
Ky é conhecido por ser extremamente religioso, ironicamente Michael Kiske também. Sendo tão devoto de Deus quanto é da ordem e da justiça.Mesmo com toda sua fé e força, ele não fica acima das dúvidas. Sem olhar entre o "preto e o branco", se for necessário ele investigará seus superiores caso sinta alguma desconfiança.

Ele é um homem compassivo e cavalheiresco na forma clássica, sendo conhecido por se opor a adversários femininos se for forçado a combatê-las. Embora suas crenças fortes tendem a colorir seu mundo moral preto e branco, suas experiências desenvolveram seu caráter além desta caricatura.

Versailles

Apesar de Guilty Gear existir muitos anos antes da banda Versailles vir ao mundo, é interessante notar o quanto de visual kei existe nele, mesmo que tenha sido indireto. A começar por seu nascimento. A França é praticamente o berço de inspiração das bandas visual do Japão. Se o Versailles escancarou com o nome da banda sendo o nome do famoso palácio francês, o Malice Mize já abusava das referências e ia além da Au Revoir. O Merveilles é extremamente carregado de França.

Quando ouvimos Holy Order, caso você já tenha ouvido as bandas japonesas, sentirá como se realmente sua música fosse composta por uma das bandas, e mais uma vez, soa muito à Hizaki tocando os riffs do Versailles. Como até mesmo sua música tema é carregada das referências, vamos analisá-la melhor.

Holy Orders (Be Just or Be Dead)


Se o nome dele te lembrava Helloween, o nome da sua música fará conexão automática com Iron Maiden. A donzela de ferro possui a música "Be Quick or Be Dead", e apesar dos temas serem diferentes, a referência é direta. Holy Orders também vem de outra referência do metal.

Levando em conta o quão religioso é Ky Kiske, e que Ronnie James Dio era considerado um Deus no heavy metal, podemos acreditar que sim, Holy Orders foi inspirado na música "Holy Divers" para seu batismo. E sim, não seria nada incomum juntar o som do vocalista mais famosos do metal com outro som da banda mais famosa do gênero.


Se heavy metal pouco é bobagem, seu Ovedrive se chama Ride the Lightining. Nada de demais? bem, este foi o um dos álbuns do Metallica. Achou pouco? Bem tem seu Instant Kill que se chama Rising Force, e agora eu vi você fã do suéco se arrepiar, pois sim, o nome veio da primeira banda do virtuoso guitarrista Yngwie Malmsteen.

Levando em conta a grande popularidade do Rhapsody no Japão, já podemos dizer a origem de um dos apelidos de Ky: Holy Thunderforce...


Como os personagens recebem diversas versões e algumas músicas novas ao decorrer da série, a sexta canção de Ky Kiske se chama "Magnolia Éclair". A música é outra homenagem para outra lenda do metal, no caso do Judas Priest com a música "Hellion/Electric Eye". Assim como Sol, acredita-se que a referência da palavra HOPE no seu cinto, vem de alguma música, e nesse caso, "Revelations" do Iron Maiden:

Bind all of us together
Ablaze with
hope and free,
No storm or heavy weather
Will rock the boat you'll see.

Holy Orders (Be Just or be Dead) é música mais popular, a que mais recebeu versões e que a mais recebe covers dos fãs, dentre o universo musical de Guilty Gear. Para encerrarmos, vamos com a terceira versão que tem a pegada ainda mais épica e remete muito ao heavy metal tradicional do visual kei.


O que achou do som desta edição? Tem alguma sugestão de música que você gostaria de ver? Deixe seu comentário!

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.