Header Ads

Kevin Feige fala de "parcerias inesperadas" e mais para Fase 4 da Marvel


A série de sucessos do Universo Cinemático Marvel tornou a megafranquia num monstro, literalmente. Com uma fórmula bem estabelecida, criticada, mas ainda assim bem aceita, você espera que a Casa das Ideias não mexa nesse time durante um bom tempo, sendo que dez anos já se foram.

Mas o mesmo não se pode dizer dos atores e cineastas que fizeram a coisa acontecer até aqui: com o terceiro e quarto Vingadores vindo por aí, o fim de um universo estabelecido está próximo, o que causa apreensão pelo futuro: como vai ser a Fase 4? Pois você não acha que a Marvel é brasileira, como eu e você, e vai pensar na Fase 4 de última hora, né? Se bobear já estão conversando sobre isso.

E o presidente da Marvel Studios vem falando mais sobre a misteriosa Fase 4. Kevin Feige não cansa de deixar no ar como o MCU deve ser diferente no futuro, embora continue quieto nos detalhes.

Em entrevista para a Vulture, Feige, que junto de uma lista de colaboradores ajudou Hollywood a mudar a abordagem aos filmes de heróis e toda ideia de sequências e franquias, falou das direções inesperadas que os fãs podem esperar no pós Fase 3, em especial as parcerias como Thor/Hulk, que nós veremos em Thor: Ragnarok. Segue o trecho:

Há tantas [parcerias], mas eu diria, tanto por causa dos personagens e os atores que criaram, Doutor Estranho e Tony Stark. Particularmente em Guerra Infinita e no filme depois disso, há... Parcerias inesperadas.

O chefão também foi sincero sobre a preocupação crescente dos público: poderia o estúdio voltar aos filmes menores, ou fora dos épicos de ação, após o maior filme de heróis (em matéria de escala) que nós já vimos? A pressão vai fazer a Marvel continuar procurando outro nível pra subir, ou é possível ser mais intimista na vida pós Guerra Infinita? Feige deu a resposta:

Acho que é possível ter filmes mais intimistas, ou combinações de personagens mais interessantes e inesperadas depois disso. Nunca é intencionalmente "ser ainda maior." Podemos afirmar que uma das maiores cenas que já tivemos em um filme foi a batalha no aeroporto em Guerra Civil, e não havia uma situação de fim de mundo mundo naquela cena, asteroide esmagando uma cidade, mas houve um conflito entre os personagens que te fizeram sentir alguma coisa. Para nós, é menos sobre continuar a crescer com o espetáculo - embora em alguns casos, o faremos - e mais sobre continuar a aprofundar essas interações entre personagens.

Gotcha

O futuro sem dúvida reserva muitas surpresas, exceto uma: a Marvel vai continuar a ser uma marca muito lucrativa para Disney, que em 2016 quebrou recorde de bilheteria e deve seguir assim por um tempo. Mas isso não evita aquela lista enorme de perguntas para o futuro:

Poderiam os Inumanos voltar? Agents of Shield vai ganhar as telonas? Quem sabe os Defensores? Teremos sequências de Doutor Estranho, Pantera Negra, e Capitã Marvel? O mundo vai acabar com o anúncio do filme da Viúva Negra? Mais personagens cósmicos como Nova podem vir por aí? Universo Ultimate? Stark e Strange vão se unir e recriar os Illuminati? Eu sei que nesse caso daria problema pelas ausências do Professor Xavier e o Sr. Fantástico, mas se a Marvel trouxe o Homem-Aranha de volta.. Quem sabe?

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.