Header Ads

Debbie Reynolds, mãe de Carrie Fisher, morre aos 84 anos


É uma coisa muito complicada. Eu já não faço muita questão de "posar como jornalista," e em horas assim é mais difícil ainda. Mas a realidade é triste, e nós precisamos dizer: no dia seguinte a morte da atriz Carrie Fisher, sua mãe, a também atriz Debbie Reynolds foi vítima de um derrame, mas não resistiu e nos deixou aos 84 anos.

O TMZ deu a notícia que posteriormente foi confirmada pelo The Hollywood Reporter (aka THR): onde Reynolds estava na casa do filho Todd Fisher em Bervely Hills, discutindo os planos para o funeral de Carrie Fisher (segundo relatos), que foi sido vítima de um infarto no dia 23 de dezembro, quando tudo aconteceu. Ela foi levada a um hospital próximo, porém mais tarde Todd confirmou a morte da mãe ao TMZ.

Na terça-feira Debbie Reynolds postou no Facebook seu agradecimento aos fãs e amigos pelo apoio a filha. "Obrigada a todos que abraçaram os dons e talentos da minha amada e incrível filha. Sou grata pelos pensamentos e preces de vocês, que agora estão guiando ela na sua próxima parada."

Em 2015 Debbie Reynolds recebeu o prêmio humanitário Jean Hersholt pelo trabalho de caridade, e o SAG Awards em 2015 pelas conquistas em vida. A atriz também foi indicada ao Oscar pelo papel em A Inconquistável Molly (The Unsinkable Molly Brown) em 1964, mas acabou sendo superada pela Marry Poppins de Julie Andrews.

Entretanto, a carreira da atriz é mais do que memorável: Dominique, Será que ele é?, Will and Grace, e várias colaborações em produções infantis de Rugrats a Kim Possible e Halloweentown I, II e High. Além do sucesso máximo que colocou-a na história do cinema como Kathy Selden em Cantando na Chuva.

Assim, mesmo há três dias de acabar, 2016 mostra que nós nunca podemos contar que a decepção já acabou, pois sempre acaba tendo espaço para mais uma. Descanse em paz, Debbie.

Via CBR

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.