Header Ads

The Last of Us 2 é uma "história sobre ódio"


Nosso resumão mostrou o belo, intrigante e já de apertar o coração trailer de The Last of Us Part II, o retorno de um dos games mais elogiados nos últimos anos. Tudo começou com a forte amizade entre Joel e Ellie, onde os dois precisaram sobreviver em um mundo brutal, mas agora, no segundo game, teremos uma "história sobre ódio."

Mesmo sendo "super cedo" no desenvolvimento para dizer qualquer coisa definitiva, Shawn Layden da Sony comentou o que nós já sabemos: Ellie agora tem 19 anos, a história se passa alguns anos no futuro. E a vibe sombria mostra que a garota passou por momentos no mínimo ruins, onde uma grande questão que vamos ver é como a decisão egoísta de Joel afetou a amizade antes inabalável. Ou seja, os dois continuam sendo o coração da história.

Você também vai jogar com a Ellie, que antes não era jogável 100% do tempo.

Gustavo Santaolalla, o maestro que trabalhou na trilha sonora do primeiro game está de volta, bem como Troy Baker (Joel) e Ashley Johnson (Ellie). Em post do PlayStation Blog, o diretor Neil Druckmann fala mais da jornada:

Não posso dizer como é gratificante ser finalmente capaz de dizer que Ellie e Joel estão de volta para outra intensa, angustiante e emocional aventura. Como muitos de vocês, temos um profundo amor pelo mundo de The Last of Us e seus personagens, e enquanto uma sequência pode ter parecido uma conclusão inevitável, esse não foi o caso. Sabíamos que precisava ser uma história digna de ser contada e, talvez mais importante, uma história digna de Joel e Ellie. Depois de passar anos com ideias diferentes (e quase desistindo), finalmente descobrimos uma história que sentimos ser especial - uma história que evoluiu para uma jornada épica.


The Last of Us Part II está atualmente em desenvolvimento para PlayStation 4, então pouco se sabe. Exceto pelo fato de que vamos precisar de muitos, muitos lenços. Isso é certo.

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.