Header Ads

Resident Evil 3: Nêmesis o som do terror

O Game & Música dessa semana pega o embalo da estreia de Resident Evil The Final Chapter, então, vamos falar de um dos terrores da série. Depois de enfrentar trocentos tipos de zumbies, o terceiro jogo da série Resident Evil trouxe um dos piores inimigos dos jogadores: Nemesis.

Lançamento em 22 de setembro de 1999 para PlayStation, Resident Evil 3: Nemesis (no Japão conhecido como Bio Hazard 3: Last Scape, バイオハザード3 ラストエスケープ, Baiohazādo 3 Rasuto Esukēpu) tem seu enredo se desenvolvendo ao redor de Resident Evil 2, e isso, gera algumas confusões para entender o andamento da história de inicio.

Assumimos o controle de Jill Valentine, protagonista do primeiro jogo da série também, explorando a cidade de Raccon City que está totalmente tomada pelos zumbies, duvido o T-Vírus ter sido espalhado. Enquanto tenta escapar da cidade, sobreviver e tudo o mais, Jill ganha como sombra o terrível Nemesis, a criatura que quer matar os membros do S.T.A.R.S. (Serviço de Resgate e Táticas Especiais).

Nemesis

O conceito para sua criação era de fazer um monstro enorme e opressor, o qual também portaria armas. Durante seu desenvolvimento diversos esboços foram realizados e o que havia em comum eram deixar as feridas em seu corpo, mudando o grau em cada desenho. Até que chegamos a versão final do monstro gigante, com a cara costurada, usando sobretudo e carregando uma bazuca.

Seu nascimento se dá através da infecção de um Tyrant com um parasita criado para aumentar sua inteligência. O parasita acaba dominando o sistema nervoso do Tyrant, toma conta do cérebro fazendo com que este fosse o seu, e assim, não seguiria ordens de mais ninguém.

O personagem já apareceu em outros jogos, sendo a mais chamativa, ele estar no elenco de Marvel vs Capcom 3:


Eita climão da por$@

Para começarmos, vamos sentir a tensão que é andar por uma cidade que parece deserta, tem mortos pacas querendo te pegar, e ainda temos aquele monstrão da massa doido para fazer com você o que o Montanha fez com o Oberin Martell.


Esse é um típico cenário de uma cidade sem esperança, afinal, com poucos de fato vivo e a maioria querendo ferrar os demais, como ter esperança nessa cidade?


Um personagem legal do jogo é o mercenário de origem latino americana, o qual se credita muito ser Brasileiro: Carlos Oliveira. Como aprendeu sobre armamentos e veículos desde novo, Carlos se tornou um grande soldado e acabou no futuro ingressando na Umbrella Corp como mercenário.


Para fecharmos nosso set, vamos com os temas do tinhoso do jogo, sim, o Nêmesis:







Para encerrar, sobem os créditos:

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.