Header Ads

Vale a pena ler de novo: resumo da semana 19/02 a 25/02


Enfim fevereiro vai terminando. Tive um gostinho de 2016 nesse mês mais do que eu gostaria, e todo mundo sabe que 2016, né. Não que a virada de mês vá virar toda a minha vida por tabela, me fazer ganhar na mega sena e assistir a premiere mundial de Ghost in the Shell + conhecer uma das divas da pessoa que vos fala. Olha que eu adoraria, mas nada como expectativas realistas. Então eu fico com a esperança do mês que vem pelo menos proporcionar um pouco mais de calma pra essa cabeça quase pensante, pensar. Já ajuda muito.

As vezes eu paro (quando consigo) e lembro de como era a vida antes de cair de cabeça no mundo das nerdices, risos. Não que eu já não fizesse parte dele, mas o percentual disso antes x agora é super diferente, e somando ao desapego que eu criei com a música, por anos minha válvula de escape, a experiência tem sido muito... Doida.

(Sobre meu desapego com a música, tem um podcast falando disso)

A cultura pop é imperfeita como qualquer produção feita por gente que erra, e consumida por gente que erra mais ainda. Exemplo: quantos homens foram indicados ao Oscar 2017 e quantas mulheres foram. Quantas delas se esforçaram, e ainda sim deram com a cara na parede. Ou casos raros, que podiam ser costume feito a Ava Duvernay, indicada ao prêmio de melhor documentário com A 13ª Emenda. Sim, eu acompanho a Ava desde que ela corajosamente negou a direção de Pantera Negra.

E ainda assim, olhe como é a vida... A Ava perdeu. Mas Esquadrão Suicida levou o de melhor cabelo e maquiagem. Mas a Viola Davis também ganhou Oscar! Apesar de não levar tão a sério Grammy e Oscars, como não ficar feliz, afinal, Viola Davis?

O que eu tô tentando dizer (embora não pareça, risos) é: muita gente faz pouco caso da cultura pop, que é sim um mercado mega lucrativo, mas também é um mundo muito importante pra gente que até supera a depressão graças a um personagem "de mentira." Então pense bem antes de chamar de "lixo" o que para outra pessoa pode ter muito valor. E se fosse o contrário, você ia aceitar quieto(a)? Não ia que eu sei.

Mas como já é de costume, fim de mês a gente recapitula as retrôs anteriores. Vamos a elas:


Recado dado, bora pros tópicos da semana:

O filme do asa noturna
Eu fico realmente receosa quando anunciam, ou sai um rumor Warner Bros. + filme da DC. A Warner virou um político brasileiro pra mim: é tanta tentativa e tanto erro, que eu nem sei se o estúdio se esforça mais. Igual o político começando dedicado, mas rapidinho esquece tudo e vira picareta. Então por um lado a notícia do filme do Asa Noturna é boa, pois = mais nerdice no mundo. Mas por outro...

Infiltration vai casar!
Você nem sonhe em me contar como o tipo romântico, mas eu acho essas coisas tão legais. O Infiltration, um dos grandes jogadores do competitivo de Street Fighter, anunciou no domingo que vai casar em junho desse ano, literalmente o go home and be a family man. Quem disse que não pode ser nerd e ter vida?

RIP, Bill Paxton
Mas o domingo também teve tristeza, pois morreu Bill Paxton. Paxton atuou em clássicos como Titanic, Twister e O Exterminador do Futuro. Uma das passagens mais recentes do ator foi em Agents of Shield como o agente John Garrett, o começo da moda A Shield Foi Comprometida®, pois foi aí que surgiu a coisa da Hydra infiltrada na Shield. Garrett foi um bom personagem, vilão bem estilo espião... E muito mais justo de permanecer na série que o Ward. #pas

Legends of Tomorrow é realmente legal?
Resposta curta: sim, é. Resposta longa: se você for procurar por uma série profunda emocionalmente, cheia de roteiros elaborados e toda intriga, Legends não é a sua praia. A série é mais aventureira, estilo "caso da semana," e apesar de ainda não ter muito bem se achado, se você gosta de ação, história, e referências ao universo da DC Comics, vale a pena conferir. Da segunda temporada indico principalmente os episódios no Japão feudal, e em Camelot.

H1Z1 no CW! Será que a Warner transmite no Brasil?
Um anúncio bem legal da semana passada foi a competição de H1Z1: King of the Kill pela Daybreak. Entretanto, o mais legal disso foi: vão transmitir nos EUA pelo CW! No Brasil, o nosso equivalente é o canal Warner, e eu tô torcendo desde já para quem sabe, dar uma onda de boa vontade e exibirem o Fight for the Crown por aqui? Afinal, com o crescimento dos e-sports...

Então é isso. Recado dado de novo, vamos clicar?

Colunas

Cinema

Games

Games de Luta

E-sports

Mobile

TV e Web

HQ e Mangá

Colecionáveis

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.