Header Ads

Segunda temporada de Legion não ficará presa aos quadrinhos


Em um mercado onde a oferta de séries é enorme, o desafio de conquistar a atenção do público é real. Legion conseguiu a façanha com uma abordagem ousada, produção de alta qualidade, e elenco muito forte, colocando a série num patamar muito diferente de boa parte das séries de heróis que existem por aí. E teremos segunda temporada! Mas o que esperar dela?

O final da primeira temporada ainda não chegou, então não sabemos como será a luta de David Haller com o Rei das Sombras. Mas uma coisa é certa: esqueça os quadrinhos. Sim, eles estão cheios de histórias loucas sobre o mutante Legião, mas não há garantia de vermos qualquer uma delas na TV. Apesar de Noah Hawley ter se inspirado nos quadrinhos, o roteirista/produtor deixou claro que a série andará com os próprios pés.

Como nós fazemos com Fargo, acho que os fãs familiarizados com o mundo [da série] realmente apreciam certas conexões e a sensação de serem recompensado por conhecer as histórias tão bem. Mas, ao mesmo tempo, meu objetivo era sempre usar este personagem como forma de ter uma conversa e contar uma história que era a minha história, que foi interessante para mim, e tentar chegar ao centro do que este personagem é, e o que esta jornada é para ele, não refazer literalmente as edições dos quadrinhos, ou as suas histórias.

Apesar da relutância em usar o material escrito como base, Hawley pontua que personagens e tramas dos quadrinhos não seriam inteiramente ignorados na hora de criar a série.

Então, não acho que você verá a série subitamente procurando histórias nos quadrinhos, mas você pode ver ideias, personagens ou imagens que são familiares.

A maior dúvida é se a série falará abertamente do parentesco de David. Originalmente, ele é o filho de Charles Xavier, e Legion vem dando voltas ao redor disso. Enquanto não confirmam como a série é conectadas aos filmes, mesmo se ela é conectada, a aparição de Patrick Stewart ainda é fora de cogitação.

É algo que nós definitivamente vamos abordar. É uma conversa criativa, de certa forma também é uma conversa corporativa, sabe. Em termos do estúdio de cinema e sua relação com os X-Men e os personagens que eles querem nos filmes, querem potencialmente proteger. Se desejássemos ter o Professor X na série, ou mesmo Patrick Stewart, James McAvoy, ou um desses atores, é uma conversa tanto com o ator como com o estúdio. Então eu não sei, não mergulhei nesse dilema ainda, mas certamente eu preciso começar a pensar nisso. 

Se por um lado a notícia pode ser decepcionante, por outro não surpreende: toda série inspirada e, algo que virou filme é assombrada pelo "quando teremos uma ligação com o cinema." Além dos custos em trazer qualquer ator. Hawley tem um objetivo justo com a série, e bem específico; que vem totalmente fora da caixinha. Após o nosso review super empolgado de Legion, temos apenas as melhores expectativas.

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.