Header Ads

Chris Pine fala sobre o humor usado em Mulher Maravilha


Em poucos dias os cinemas do mundo inteiro verão uma das estreias não só mais aguardadas, como importantes do momento: Mulher Maravilha. O filme é mais recente do polêmico DCEU, que apesar dos lucros, ainda não encantou o público. Quem sabe a hora é agora?

Para isso, Gal Gadot terá a companhia de Chris Pine, porque Hollywood tem um estoque de atores com nome Chris. Junto com a diretora Patty Jenkins, a dupla com todo elenco está trazendo um longa visivelmente menos pesado, mais aventureiro e divertido, duas qualidades que você não costuma associar aos filmes da DC Comics produzidos pela Warner Bros. Até agora. E se você está ansioso(a), você não está sozinho(a): eu estou e muito, e o Chris Pine também.

Em coletiva de imprensa, o ator revelou que adorou o humor apresentado em Mulher Maravilha.

Você combina isso em um tempo que o patriarcado é onde as mulheres nem sequer têm o sufrágio*. Não é um bom momento para ser mulher. Esse homem tem que lidar com o fato de que essa mulher é muito mais forte e melhor que ele de tantas maneiras, e eu amo o humor disso, de ser o bobo que teve de aprender muito sobre, como muitos de nós homens, o que significa ser um ser humano. Não importa o equipamento que você tem.

(*Sufrágio - direito a voto)

Jenkins veio decidida desde o começo a fazer algo mais amigável.

Sempre estive baseando o filme em Superman e Indiana Jones. Eu queria fazer um filme clássico, onde você está rindo e apaixonado pelos personagens, e eles saem numa grande aventura divertida. Essa é definitivamente a busca do nosso filme.

Com roteiro de Allan Heinberg, Geoff Johns, e Zack Snyder, Mulher Maravilha mostra a "origem da origem da justiça," quando Diana Prince era a garota idealista que saiu com Steve Trevor a fim de terminar ela mesma com a Primeira Guerra Mundial.

Quem puxa a fila do elenco é Gal Gadot com Chris Pine (Steve Trevor), Robin Wright (General Antíope), Connie Nielsen (Rainha Hipólita), David Thewlis, Elena Anaya, Lucy Davis (Etta Candy), Danny Huston, Ewen Bremmer, Doutzen Kroes, Samantha Jo (Euboea), Florence Kasumba (Senator Acantha), Said Taghmaoui, Eleanor Matsuura (Epione), Emily Carey (Jovem Diana), e Lisa Loven Kongsli (Menalippe).

Está chegando o dia! Lembrando que o filme não terá cena pós-créditos, mas a trilha sonora promete, e as primeiras reações só deixam a hype quentinha. Esse 1 de junho que não vem nunca! Pelo menos temos posteres novos com amazonas lindas e maravilhosas:


Via CB

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.