Header Ads

Saiba como os eSports influenciaram Dragon Ball FighterZ a ser 2.5D


Dragon Ball FighterZ, novo game da Bandai Namco e Arc System Works, virou a comunidade de jogos de luta ao avesso. Fãs de longa data da franquia, e mesmo quem nunca viu um único episódio do anime, passaram um bom tempo curtindo o game na E3, tentando entender o sistema 3v3 de luta e tudo mais

Tomomi Hiroki participou de uma transmissão na Twitch na E3 para falar sobre o que nós podemos esperar do game, e o vídeo você pode conferir aqui. Mas outra grande questão que envolve FighterZ, é: porque os desenvolvedores decidiram fazer o game em 2.5D, indo contra o modelo 3D visto na maioria dos títulos de Dragon Ball?

Segundo Hiroki, a decisão veio de dois motivos:

1- A grande maioria dos fãs sente que a origem dos games de luta de Dragon Ball está no espaço 2D, sendo de certa forma, um retorno as raízes da franquia;

2- eSports. Os envolvidos querem tornar o game numa experiência fácil de assistir e se interessar, e combinar lutas 2D com Dragon Ball foi um meio muito efetivo de alcançar esse objetivo.

"Acho que é realmente fácil para as pessoas consumirem e assistirem," Hiroki disse. "Nós pegamos elementos realmente bons dos eSports -jogos de luta 2D obviamente são um grande elemento dos eSports- e Dragon Ball, que é sem dúvidas uma plataforma realmente boa. Então tentamos combinar esses dois elementos que foram feitos um para o outro."

Apesar dos trabalhos mais famosos da Arcsys (Guilty Gear e Blazblue) serem mais populares entre os fãs hardcore de jogos de luta, a equipe está se esforçando em criar algo com apelo amplo. Para isso, os seis personagens revelados possuem estilos de jogo "padrão", tornando eles mais acessíveis aos fãs.

Veja o vídeo:


"Nós escolhemos esses seis personagens, pois os estilos de luta deles são o que eu posso chamar de ortodoxos ou bem padronizados," Hiroki explicou. "Eles possuem movimentos bem padronizados e movimentos mais elaborados."

E vendo a lista de comandos do sexteto sinistro, você vê que isso é verdade. Ter comandos não tão complicados é sempre um apelo extra para os fãs mergulharem ainda mais de cabeça no jogo.

Dragon Ball FighterZ tem lançamento planejado para PS4, Xbox One, e PC no começo de 2018. Aproveite e confira o nosso Dojo Nerd sobre as novidades das pelejas que tivemos na E3:


E aquela jogatina old school que aquece o coração:


Via Eventhubs

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.