Header Ads

Cinco heróis nacionais no 4 de Julho



Hoje é dia da independência no Estados Unidos e, apesar de não ser um data para qual tenhamos qualquer comemoração, ela garante algumas olhadas por outro angulo como a singela lista a seguir com alguns heróis que representam o patriotismo na terra do Tio Sam. Sem delongas, vamos aos heróis adaptado da lista do CBR.

Capitão América


O Sentinela da Liberdade representa o país desde 1940, surgindo como um herói para a guerra. Sua primeira aparição foi no mesmo ano, pegando o boom de heróis patriota em detrimento da Segunda Guerra Mundial. Enquanto muitos desses personagens foram desaparecendo ao longo do tempo, O Primeiro Vingador sobreviveu à guerra e prosperou na era moderna dos super-heróis para continuar contando sua história, visto que aquela dança ele não consegue mais.

Além de seu traje icônico ou escudo indestrutível, o que faz o Capitão América um grande personagem tal é a forma como ele representa sempre em evolução as ideias americanas e humor político do país. Partindo do sentimento anti-nazista ao ressentimento por causa do escândalo Watergate, os escritores do Capitão América têm usado o personagem como um veículo para expressar sutilmente opinião política.

Mesmo o recente Captain America: O Soldado Invernal filme abordado as preocupações pertinentes do autoritarismo do governo, enquanto o público ainda se emocionava com abundância de ação super heroica do mesmo. De forma pura e simples, o Capitão América é o coração da América.

Superman


Apesar de não utilizar um uniforme ou traje estrelado, não há como negar que ao lado do Capitão América, ou mais ainda, Superman é um dos maiores símbolos do país quando pensamos em super-heróis. Enquanto o Primeiro Vingador representa o momento presente do país, o Homem de Aço representa a mais pura forma dos ideais do país no qual foi fundado.

Surgindo em um dos piores período da história norte americano, em meio a Depressão, Jerry Siegel e Joe Shuster criaram Superman como um campeão para o homem comum, com integridade, honra e todas as outras coisas que os americanos mais desejavam. Por mais que os tempos de hoje sejam diferentes ao da sua criação, não podemos negar que ele continua tão Americano como qualquer outro símbolo forte do país.

Tio Sam


Agora vai fazer muito sentindo quando você se referenciar ao país como a Terra do Tio Sam afinal, Tio Sam é um super-herói americano e mais do que isso, foi criado pelo país literalmente. Criado por Will Eisner pela DC Comics, o heróis surgiu através de um ritual oculto dos fundadores do Estados Unidos, invocando a entidade mística batizada de Tio Sam. O personagem ganha vida através dos corpos dos patriotas que vão falecendo e somente realizou sua encarnação, para auxiliar nos períodos das Guerras Mundiais, liderando o seu grupo Golden Age.

O personagem voltou a aparecer no Novos 52, o mais recente reboot dos quadrinhos da DC Comics com pegada de universo alternativo, e sua versão atual é afrodescendente. Alex Ross e Steve Darnall vem estudando o personagem para ver como se posiciona nos dias de hoje, e ele está classificado como a alma da América que mesmo que as vezes esteja batido, nunca desistirá e retornará ao combate.

Patriota de Ferro



Se você conhece o personagem devido ao Universo Cinematográfico Marvel, as próximas linhas podem te chocar e aos que conhecem podem se questionar por que ele está aqui. Apesar de ser um herói nos cinemas, o traje do Patriota de Ferro originalmente foi utilizado por Norman Osbourn, sim o vilão do Homem-Aranha. Nos anos 2000, durante o período que o traje estava com a SHIELD, o Duende Verde aproveitou a situação e conseguiu tomar posse do traje, criando seus "Dark Avengers". 


O vilão acabou sendo derrotado pelo Capitão América e o Homem de Ferro. Após a gueda de Osbourn, James Rhode assumiu o traje e junto uma legião de drones trajes similares ao seu. Como Rhodes passou sua vida inteira sendo um soldado, o Patriota Representa muito da América moderna: mais escura, mais avançada tecnologicamente e nem sempre no lado certo das coisas.


Stargirl



Seguindo um orgulhoso legado de super-heróis, Stargirl é a mais nova versão do Star Spangled Kid e Starman. Adolescente malcriada, Courtney Whitmore originalmente vestiu uma versão do traje do Spangled Kid a estrela para irritar seu padrasto Pat Dugan (que era o parceiro original de Star Spangled Kid Stripesy).


No entanto, Stargirl descobriu que ela era realmente uma bom super-heróina e, eventualmente, se juntou a Sociedade da Justiça da América como seu membro mais jovem. Armada com um cinto de Converter Cósmico, acessórios icônicos de Starman, Courtney se torna um dos principais membros da Sociedade da Justiça e é considerada por muitos como o coração da equipe. Stargirl representa o super-herói americano ideal, uma pessoa normal, em última instância dispostos a lutar para proteger os outros.


Final Justice

Estes são alguns super-heróis com a cara do Estados Unidos, como podemos ver nas características finais. O país possui diversos personagens com esse tema, porém, nem todos sobreviveram ou causaram impacto. Alguns poderiam entrar na lista e caso você sentiu a falta de algum, deixe seu comentário.

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.