Header Ads

Solta o Play: Sonata Arctica - Paid in Full


Todo ser humano tem a música que não importa quanto tempo passe, é ouvir a primeira vez e ela te segue (ou persegue?) pelo resto da vida. E se surge um momento Y, similar ao momento X onde tudo começou? É ela que vem na memória. E com esse motivo filosófico-existencial (pra variar), surgiu o som da semana.
  
Eu quase 100% parei de ouvir heavy metal. Não me arrependo. Já citei o assunto umas vezes aqui no site, mas vou eu repetindo isso porque momento X/Y me fizeram lembrar de "Paid in Full" do Sonata Arctica. Essa música é um baita hino motivacional perfeito, obrigatório pra você ouvir e se apaixonar mesmo se tiver ódio por todas as coisas do metal inteirinho.

A maior lição dessa música é a necessidade do amor. Próprio. Porque muitas vezes você se dedica a uma pessoa (mesmo uma amizade envolve dedicação), e "em troca" vem um grande monte de nada, num pacote brilhante de frustração.

Não é "ser bonzinho(a) por interesse," mas vamos lá: quem dá atenção, carinho, consideração (etc) a uma pessoa, adoraria receber o mesmo de volta. Relações de mão única são um horror (pra não dizer o que eu queria).

Sem contar que, a Pessoa que Vos Fala™ faz aniversário no próximo domingo (6 de agosto). E virou tradição os dias anteriores serem caóticos, por isso toda maré de memórias, reflexões, músicas e feels. Tem coisa que não muda. Aí resta o de sempre: musicarmos.


Letra
I was nowhere near ready when all it ended
So I hoped we could find a new day, cannot live without you
You gave me the chance, time and again, in vain
Now my feelings for you, every tear, every smile, paid in full
Break the chain, but no longer can I take the pain
It's hard for me to love myself right now
I've waited, hated, blamed it all on you

Needed to be strong, yet I was always too weak
So I can only blame myself for this state we are in
I will take what you have for me now, if it's not too late
Did you change? I did too
Love can grow from the last grain
It's hard for me to love myself right now
I've waited, hated, blamed it all on

You
I need you less and less
Every day feeds this moral decay
Yet I have grown to love you even more
I fall back, and I turn another cheek
You mouth the words you're not ready to speak
You're scared of me now; no I never had a clue
That I'd become so much stronger than you

I will take what you have for me now, if it's not too late
If you like, I will leave; I will not miss the last train again
It's hard for me to love myself right now
I've waited, hated, blamed it all on you
It's hard for me to love your face right now
I'm waiting, hating, needing being

Me
I need you less and less
Every day leads us farther away
From that moment
It's hard for me to hate myself right now
Finally I'm understanding me
One day we may have whole new's me and you's
But first I need to learn to love me too

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.