Header Ads

Diretor de Missão: Impossível 6 explica a lesão de Tom Cruise


A bruxa andou a solta no começo da semana, com problemas assombrando as produções de Deadpool 2 e Missão: Impossível 6. Pelos lados da Paramount Pictures a lesão sofrida por Tom Cruise no set de filmagem é o foco das notícias, lesão essa que teoricamente levaria a suspensão da produção.

Rumor daqui e dali, passamos então a falar sobre os planos do estúdio para evitar o atraso no cronograma, quando vem a informação: a dita cena na realidade correu conforme o planejado... Em maioria.

A Empire conversou com Christopher McQuarrie, que falou sobre o caso em entrevista. O diretor, que tem se mantido otimista apesar das circunstâncias, disse que a lesão causará impacto limitado na produção do filme, e explicou exatamente o que aconteceu:

A verdade é que a cena nunca foi projetada para que Tom pulasse de telhado para telhado, o que a) teria sido muito entediante e b) quando você a cena, você entenderá como ela foi projetada. Além disso, quando você olha o que foi postado na internet, você pode ver Tom fazer a mesma cena várias vezes. Sempre foi suposto que ele deveria bater no lado do prédio. Isso é o que dá energia as cenas de ação.

Ele estava completamente seguro o tempo todo que estava fazendo isso. Ele estava acolchoado. O que aconteceu é uma questão de coordenar o que Tom está fazendo, com o que a câmera está fazendo, o que significa que você tem que fazer isso várias vezes. E na quarta tentativa, ele bateu no prédio com um ângulo ligeiramente diferente e quebrou o tornozelo. Ele sabia no instante em que atingiu o prédio, que seu tornozelo estava quebrado. Você pode ver em seu rosto. Nós tivemos quatro câmeras filmando, e você pode ver no vídeo que está na internet.

O diretor ainda confirma uma informação que vinha circulando: o ator realmente finalizou a gravação da cena, e então encerrou os trabalhos. "Não sei se eu teria condições para fazer isso," McQuarrie completou.

Com isso, o cronograma de produção do filme terá mesmo de ser mexido. McQuarrie diz ter sete ou oito meses de filmagem restante, e que a duração do hiato é desconhecida. Entretanto, o diretor diz que saberá mais sobre isso em breve, e usará a pausa para avaliar o material gravado até então:

Nós já filmamos uma grande parte do filme, então você está apenas pegando uma grande parte da pós-produção e fazendo mais cedo. Daí voltamos a filmar quando terminar o hiato, o que é para o benefício total do filme. É semelhante às situações que eu tive em outros filmes onde, por qualquer motivo, você faz um hiato e você pode olhar o filme de uma maneira que você normalmente não poderia, e reavaliar. A lição eu aprendi com Operação Valquíria, que teve sua parcela de dificuldade na produção, e sempre costumávamos dizer que "o desastre é uma oportunidade para se destacar."

Enquanto o cenário é longe de ser ideal, McQuarrie acalmou os ânimos dos fãs confirmando que Tom Cruise já filmou a maioria das cenas de ação, então o restante das filmagens não deverão ser muito desgastantes. Com relação ao status da produção, McQuarrie continua olhando pelo lado positivo, pois terá uma chance adiantada de começar a edição do filme.

Sendo assim, vamos aguardar que a missão impossível da vida real se resolva da melhor forma, no menor tempo.

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.