Header Ads

Review: Homem-Aranha De Volta ao Lar

Demorou para ele voltar para a Marvel assim como demorou para assistirmos o filme, afinal no nosso caso, a crise e a estatística nos atinge, contudo, eu não poderia deixar passar o filme do meu super-herói favorito e aquele que em muito se parece comigo, afinal, temos boletos para pagar todo mês. O Homem-Aranha está de volta ao lar.

A volta do Amigo da Vizinhança foi com muitos cuidados e isso fica claro logo ao começar o filme. Algumas coisas sutis e outras mais evidentes mostram como a parceria Marvel-Sony se preocupou de fazer um filme como ambos gostariam, e, colocando muitos elementos do personagem em cena.

Temos a versão colegial de Peter Parker dessa vez e sem a necessidade de vermos pela terceira vez a aranha radioativa em ação ou chorar com o Tio Ben morrendo mais uma vez. O filme acaba mirando pro lado de Ultimate Spider-Man, a versão atual do desenho que passa no Disney XD onde vemos exatamente o mesmo tipo de Peter Parker, na escola.


Apesar de ter apenas 15 anos na história ele já carrega consigo o instinto de proteção e atitudes que vimos na versão de Tobey Maguire (que me faz lembrar da animação da década de 1990) junto com o humor do personagem que foi mais explorado na versão de Andrew Garfield (que literalmente puxa mais para o Espetacular Homem-Aranha, o rly?). E outros elementos das HQs são vistas como os olhos que se mexem na mascara.

E por falarmos nos antigos interpretes do Aranha existem duas cenas que nos remetem a eles. Uma delas está no trailer quando vemos ele segurando a balsa com as teias nos fazendo lembrar da cena do trem em Homem-Aranha 2 de Maguire. A outra cena é no elevador com ele salvando seus amigos, mas, ao salvar Bett nos faz lembrar da morte de Gwen Stacy de certa forma em A Ameaça de Elektro.


Isso vejo como a influência da Sony. O lado Marvel vem no como colocar o pirralho nesse cenário. E incrivelmente a história dele vem desde o primeiro filme dos Vingadores e isso me surpreendeu. algo muitos simples, e até bobo, mas aqui exploraram começar pelo vilão Abutre do que pelo herói. O vilão junto com sua equipe de limpeza estavam fazendo a limpa nos destroços da Batalha de Nova Iorque. A tecnologia Chitauri é a chave do Abutre, e não apenas isso, até mesmo partes do Ultron ele conseguiu no futuro.


Pelo lado do nosso herói o apadrinhamento do Sr. Stark encaixa o personagem nesse universo. Ele inicia como herói de rua, e como tem 15 anos em pleno 2017, é dos nossos sendo criador de videos para o Youtube. Suas ações como Homem-Aranha ele filmava e upava no site. Foi monitorado por Stark, e este, apostou no potencial do garoto levando-o para ser uma surpresa na Guerra Civil.

Passa o tempo pós Guerra Civil e ele fica ansioso por quando seria chamado, e bem, podemos dizer que praticamente aqueles memes do Aranha nunca ser um Vingador de certa forma foi utilizado no filme. Ao menos tive essa sensação. Junto disso ele deixa claro que quer ser o Amigo da Vizinhança para depois tirar seus pés do chão.


O Abutre faz um bom papel como vilão do filme e tem sua motivação justamente nos problemas que passamos na vida e como algumas oportunidades surgem e no seu caso foi contrabandiar armas poderosas. Sutilmente outros vilões estão no filme. O Shocker não foi sutil, foi escancarado, mas, você certamente notou que o primeiro "Anti Homem-Aranha" apareceu no filme? Abutre, Shocker e Escorpião, será que podemos esperar pelo Sexteto Sinistro com mudanças no elenco dos seis?

Ao final Homem-Aranha De Volta ao Lar foi um filme digno do Cabeça de Teia e gostei do que vi. O personagem foi respeitado mesmo com as liberdades criativas, que aliás, quando bem executadas devemos exibi-las e não injustiça-la (uma pena que Ghost in the Shell fez isso tão bem, mas, preferiram atacar coisas sem noção do filme). E vale lembrar: Avi Arad tem seu nome nos créditos e não estragou o filme #aliviocomico

E se você perdeu a cena de final dos créditos eu sinto muito por você.

Sobre Wakashimazu

Gamer de nascimento, guitarrista por insistência, se divide em três para dar conta de dominar o mundo da música, dos jogos e dos otakus, enquanto lida com a caixinha de surpresas chamada de vida. Pode ser encontrado no Last FM, na Live ou no fórum!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.