Header Ads

Vale a pena ler de novo: Resumo da semana 06/08 a 12/08


Eae você. Como sempre (e não surpreendendo) deu um bom trabalho até chegarmos a melhor hora de todas as segundas-feiras: nosso Vale a pena ler de novo, relembrando os links da semana, e abrindo o coração nerd sobre qualquer papagaiada em especial. É impressão minha, ou agosto "vem voando"? Ou não sei se é porque toda cota de desgosto eu cumpri nos dois meses de antes. Vai saber.

Hoje nós vamos naquele sentimento: sem enrolações. Então me dê a mão pra fugir dessa terrível escuridão e vamos aos destaques da semana:

A beleza da Japan Cup
No último fim de semana aconteceu a Japan Cup, de longe o evento mais legal da Capcom Pro Tour 2017. Organizar um torneio de jogos de luta em Tóquio é como fazer festival de pizza na Itália: lindo, perfeito, e todo mundo ama. Eu até ignorei 100% voluntariamente o Summer Jam XI, que aconteceu nos mesmos dias. Evento da CPT nos EUA, sem um sushi player pra gente torcer? Nah, passo.

A Japan Cup foi cheia de detalhes mega interessantes. O primeiro: ser organizada pelo casal Choco. Imagine: Momochi e Chochoblanka, casados, vivendo de videogame, há anos promovendo o trabalho na base pro futuro do competitivo japonês. É surreal de sensacional. E segundo: foi um desfile de estrelas, com os jogadores asiáticos mais queridos e talentosos do povo.

Infelizmente a lua me traiu o fuso horário me matou, não vi quase nada ao vivo. Mas de imaginar meus jogadores japoneses favoritos (Daigo e MOV), o fenômeno Moke, o consistente Verloren, Nemo, que recentemente decidiu focar mais na FGC e deixar a vida de engenheiro em stand by, Otani, o novo Ryu master rank, Infiltration, em 9º lugar com a Juri, que ele declarou morta dias antes, mirror match de Abigail... Olha.

Isso porque eu não enalteci deus MOV, mostrando aos infiéis o poder do Kikouken. Ou não dividi isso com você:


E nem isso:


As vezes eu sou #TeamJapan além da conta.

Valerian e Luc Besson
No último dia 10 estreou nos cinemas Valerian e a Cidade dos Mil Planetas. Por fora parece uma boa viola, mas com a simpatia de uma batata entre os protagonistas, eu realmente não consegui me dispor a encara o desafio. Uma pena, pois enquanto isso a sequência de Lucy continua na geladeira. E se tem um filme frustrante por não ter sequência, é Lucy (o outro é Flashdance).

Sem contar que o diretor andou falando umas bobagens na semana passada... Me admirei, confesso. E ele me parece(ia?) ser mais inteligente que isso, e capaz de não dizer o que falou. E olha que nem é por recalque (acho eu), pois Valerian não vai tão mal assim na bilheteria. Durante a semana falo mais sobre isso.

Atomic Blonde e os (malditos) spoilers
Pela terceira vez no ano, dei de testa num spoiler muito importante de um filme que eu realmente quero ver. Primeiro foi a nacionalidade da Laura, em Logan, depois o nome da Major, em Ghost in the Shell, e agora Atomic Blonde. Mas eu não vou desistir de ir ao cinema, entretanto. Pelo contrário.

Eu adoro coisas de espionagem: junte boas cenas de ação, uma história nem tão plausível assim, um protagonista que eu goste, e tamos aí. Missão Impossível? 24 Horas? Além do óbvio: não existe ser humano com bom senso na cabeça, que não arraste uma asa pela beleza, magnetismo e talento da Charlize Theron. 

Quero muito me dar esse direito de curtir Atomic Blonde em toda sua glória e flop. Eu odeio a era do oversharing, onde é notícia com spoiler no título, o(a) amigo(a) que solta o spoiler mais ingrato, a entrevista onde a pessoa não sabe perguntar, e a resposta vem na forma de uma tijolada de spoilers... Difícil. As pessoas não sabem fechar a boca.

Esse filme é outro assunto pra gente falar nos próximos dias.

Liga da Justiça, rumores, e a Imprensa Especializada (pff)
Não tem jeito. Mulher Maravilha foi lindo e histórico, mas a internet, e a Imprensa Especializada (pff) já voltaram ao modo padrão de ódio ao DCEU, de cultivar os rumores manés que vão matando o filme muito antes dele estrear.

Eu sinceramente parei de ler notícias relacionadas a esse filme. Primeiro porque certos sites dão mais spoiler que Silvio Santos dá dinheiro na TV. Segundo, porque ganhar views e atenção as custas de avacalhar o filme da Liga, ficou manjado. Hoje em dia eu quero que o filme seja um sucesso não só pelo lado nerd, mas pra também contrariar a "crítica especializada."

Lembra do que fizeram com Rogue One? No final do dia a Lucasfilm saiu rindo... E eu, mais ainda.

O segundo Armadura Cast
Foi super divertido! A experiência de gravar com mais pessoas, trocar ideias, zoeiras, fazer contatos que podem gerar outras coisas no futuro, é maneiro por demais. Se você não assistiu a animação de Castlevania na Netflix, spoiler: vale muito a pena. Aproveita e deixa aquele feedback marotíssimo.

Então é isso. O recado da Ranzinza que Vos Fala™ foi dado, vamos clicar?

Do site

Cinema

Games

Games de Luta

eSports

Mobile


TV e Web

Eventos

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.