Header Ads

Filmes da Marvel e Star Wars deixarão a Netflix em 2019


Numa decisão quase surpreendente, a Disney anunciou recentemente que lançará seu próprio serviço de streaming. Com um conteúdo indo desde produções atuais aos clássicos, já sabemos que os filmes da Casa do Rato deixarão a Netflix, e a notícia causou uma onda de ira entre os fãs. Mas após isso, veio outra pergunta ainda mais cabulosa: poderia ser o fim da linha também para os filmes da Marvel e de Star Wars na Netflix? Agora temos a resposta oficial: sim, será.

O Deadline reporta que a Disney não só retirará o seu próprio conteúdo da Netflix em 2019, como também os filmes da Marvel e Star Wars. A revelação veio por meio do CEO Bob Iger, durante um encontro de investidores.

De acordo com Iger, o plano da Disney é lançar um serviço de streaming que comece grande, e para isso o dito cujo contará com todo portfólio do estúdio: animações, live-action, todos os filmes da Marvel, Star Wars, e mesmo da Pixar."

Com isso biblioteca não será pequena: são 500 filmes e 7 mil episódios de TV, quatro ou cinco séries originais, e três ou quatro filmes que virão. O serviço ainda será usado na distribuição exclusiva de filmes com menor orçamento, ou seja: sem mais estreias financeiramente arriscadas nos cinemas.

Se por um lado, a ideia da Disney impressiona em tamanho, outra pergunta igualmente cabulosa, fica:

O que isso significa para Netflix?

Como a Netflix irá lidar com o impacto do novo serviço de streaming da Disney, é uma incógnita. A novidade vai afetar profundamente o mercado em geral, mas a Netflix claramente se beneficiou das produções Marvel e Star Wars no catálogo, vide a estreia de Rogue One, por exemplo. Mas, uma vez que a audiência e os ganhos da empresa não costumam ser divulgados, é bem difícil medir a proporção financeira da facada. 

Acha que acaba aí? Não mesmo. A questão se aprofunda ainda mais quando você considera todos os filmes e séries da Disney sendo oferecidos numa única plataforma que é "da casa." Famílias com crianças pequenas e adolescentes certamente terão um incentivo extra para assinar o serviço, mas seria um investimento realmente necessário para os fãs de Marvel e Star Wars?

Esses fãs realmente vão se dispor a ter duas assinaturas de streaming?

Vão ignorar o serviço da Disney e partir direto para compra dos filmes em home video?

O que tecnicamente parece bom, só ficou ainda mais confuso. 

Por hora, aproveite suas nerdices Marvel e Star Wars-escas na Netflix enquanto 2019 não vem. E claro, nos cinemas, prepare-se para Thor: Ragnarok e 2 de novembro, Star Wars: Os Últimos Jedi em 14 de dezembro.

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.