Header Ads

Hela: A primeira vilã, e melhor vilão do MCU?


Quando juntamos essas duas palavras na mesma frase, pode contar que a discussão é certa: "Marvel" e "vilões." No caso Thor, os filmes nunca foram conhecidos por vilões complicados, mas Ragnarok está determinado a quebrar essa tradição. Hela, a deusa da morte, interpretada por Cate Blanchett, é talvez o maior atrativo para muitos fãs no terceiro giro da franquia, e a atriz não vem escondendo seu orgulho em ser a primeira vilã do MCU. Mas... Seria Hela a melhor representação de vilania já feita pela Marvel Studios?

Chris Hemsworth já comentou como foi intimidador trabalhar com a atriz no primeiro momento, que na verdade passa longe do estereótipo de diva. Na verdade, Hemsworth não para de elogiar aquela que será sua maior inimiga grande tela:

Estou apaixonado por Cate. E sabe, minha esposa também está, então eu posso dizer isso [risos]. Ela é insanamente engraçada, inteligente e talentosa. Muito boa para ser verdade. Você sabe, qual é a surpresa por trás disso?

Quando ela apareceu no set, Tom estava falando sobre isso ontem, estávamos falando sobre vilões. O que as pessoas podem fazer diferentes, e assim por diante, e o que você viu? Lembro de pensar Eu me pergunto o que ela vai fazer. E eu meio que tinha uma imagem na minha cabeça, e ela veio e eu pensei "Oh, uau, tudo bem. Isso é o que você faz se você for Cate Blanchett. E é por isso que ela é quem ela é.

Por sua vez, Taika Waititi não poupou elogios. O diretor considera Hela o vilão mais interessante do MCU até então:

Cate é a primeira vilã. E se eu for honesto, para mim é o vilão mais interessante que a Marvel já teve. Ela é multidimensional. Ela é problemática. Ela é realmente divertida. E você sabe, não é nada do tipo '[risada maligna] Se eu finalmente conseguir aquela coisa, então isso vai acontecer!' Tem um pouco disso, mas existem muitas outras coisas acontecendo com ela. Então eu acho que vai realmente satisfazer as pessoas.

Ela é incrível. Sua personagem é muito forte. Tem poderes incríveis. Ela É Hela. Ela usa capa, tem chifres, e ficou incrível nas artes conceituais e por aí afora. Thor nunca lutou nos filmes com alguém como esta mulher.

Uma vez que a maioria dos poderes de Hela serão feitos em computação gráfica, ainda não tivemos a chance de ver a vilã em ação. Entretanto, os trailers e o marketing do filme já deixaram o nível de ameaça que a deusa representa, no ar. Não é todo mundo que simplesmente despedaça o Mjölnir. E o deus do trovão pode não estar pronto para encarar alguém que faz seus melhores ataques parecerem inofensivos.


No passado, gigantes de gelo, destruidores asgardianos, leviatãs Chitauri e elfos negros não foram problema. Agora, não tem espadas duplas que possam ajudar muito. Tanto que Brad Winderbaum, produtor do filme, precisou junto com a equipe de produção, criar uma versão "aliviada" dos poderes da deusa da morte.

Muito do design de Hela é uma combinação dos primeiros materiais de Jack Kirby. Também estamos usando o trabalho de Jason Aaron.. especificamente o conjunto de poderes de Hela. O vilão Gorr tem um conjunto de poderes bem específico de poder manifestar um número infinito de armas. Pegamos essa ideia, e estamos fazendo uma versão disso para Hela no filme, porque nos quadrinhos, ela pode tocar as pessoas, e elas morrem, e as vezes ela pode fazer todo tipo de coisa diferente, então tentamos especificar e limitar em um conjunto bem específico de habilidades.

Por fim, fica a questão no ar: uma vilã complicada, quando os adversários de Thor não exatamente foram isso? É um dilema. Tom Hiddleston ainda permanece como o grande nome vilanesco graças a história de origem e motivações de Loki, sempre bem claras e até capazes de gerar simpatia. Já Malekith não exatamente teve o mesmo destino.

Hemsworth não quer soltar detalhes da história de Hela (e com isso as teorias voarão soltas), mas ele destaca o que Ragnarok está tentando evitar.

Quando os vilões são simplesmente maus, você fica 'Ok, legal, mas isso é um tédio.' Mas ela trabalhou realmente duro. No começo do filme, ou meio que uma pré-produção, eu dizia 'Sim, mas o que ela realmente quer?' O que é que Cate pode meio que se identificar aqui e dizer 'Oh, ok, eu entendo o que ela é, e a frustração dela, o que está motivando ela... É muito além de tudo o que eu vi antes, é tão intimidador e assustador quanto é interessante. Você tem um ponto de vista que gera empatia, ou um sentimento com ela na maioria do tempo. Você pensa 'Ahh... Talvez ela tenha razão' [risos]. E então você tem que se lembrar de que 'Não, ela está tentando matar a todos nós.'

A capacidade de criar heróis engajadores a Marvel mais do que provou. Entretanto, um bom heróis não é nada sem um vilão sólido, que torne o desafio real, e a jornada, um prato cheio para os fãs. Seria Hela a salvadora dos caras maus do MCU? Poderia a deusa da morte, quebrar essa maldição? As perguntas sobram, e as expectativas também. Não é coisa de outro mundo sonhar com isso.

Via SR (1), SR (2)

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.