Header Ads

Comentando: A Mulan live-action foi achada, Raio Negro ganhou nova prévia, e Andrew Kreisberg foi demitido


A quarta-feira (29) foi de uma comoção nerd gigante, pois o trailer de Vingadores: Guerra Infinita enfim chegou. E a sinopse foi atualizada. E os Russo já sabem quais personagens podem matar. Mas nem só de Thanos viveu e viverá essa semana, pode contar: o jornalismo nerd não é um Snorlax dormindo na Rota 12. Tivemos outras notícias relevantes e não-relacionadas ao MCU que não foram noticiadas, mas nada tema!

A Pessoa que Vos Fala™ recorre ao famoso resumão, noticiando e comentando ao jeito Armadura Nerd de ser, essas quatro notícias importantes, mas não-relacionadas a Guerra Infinita. Simbora:

Live-action da Mulan escolhe sua protagonista
A procura pela atriz que viverá Mulan no cinema, terminou. E foi do jeito certo: Segundo o THR a chinesa Liu Yifei, ou Crystal Liu, viverá a princesa guerreira (não aquela, risos) em mais um live-action da Disney. O estúdio teria rodado os cinco continentes atrás de uma atriz que também deveria ser experiente com artes marciais.

Liu Yifei já trabalhou com Jackie Chan e Jet Li em O Reino Proibido (2008), com Nicholas Cage e Hayden Christensen em O Imperador (2014), e foi a estrela de The Chinese Widow (2017). Mesmo que a moça não tivesse nenhum trabalho em Hollywood, fico feliz em 500% de ver a preocupação em arranjarem uma atriz chinesa para viver um dos ícones das lendas chinesas: Hua Mulan, a guerreira que se disfarçou de homem para lutar no lutar do pai.

O filme animado foi lançado pela Disney em 1998, e eu realmente não tenho o apego do pessoal com as animações da Disney. Mas tirando o gosto por Aladdin, pois o fator musical é forte, e não amar o Gênio é atestado de falta de coração, Mulan é o único filme de animação da "velha guarda" que me interessa de fato.

Eu só não vejo a preocupação em achar uma atriz chinesa como necessariamente social, de respeito racial, e sim porque você vacile na representação de um(a) personagem hoje em dia, ou mesmo dê a entender que vacilou quando na verdade nem era isso... Já era, é um caminho sem volta, e péssimo pros negócios/marketing.

O live-action é parte de um calendário nada ambicioso que inclui O Rei Leão (com Beyoncé), Mogli: O Menino Lobo 2 (#VoltaKaa), Cruella, Malévola 2, Dumbo, James e o Pêssego Gigante, O Ursinho Pooh, Pinnocchio, A Pequena Sereia, e mais alguns outros.

Mulan terá roteiro de Lauren Hynek e Elizabeth Martin, com produção de Chris Bender e J.C. Spink. A data de lançamento não foi revelada, apenas a previsão é de que seja em 2019. Um ano passa ligeiro.

CW divulga nova prévia e fotos de Raio Negro
Um dia após divulgar uma prévia (que eu vou deixar nesse texto) da série Raio Negro, o CW lançou outra, junto de mais algumas fotos do episódio "Dark Matter of My Brain." A série estreia nos EUA em 16 de janeiro, seguida por um episódio inédito de Flash. Com isso, Legends of Tomorrow terá novo dia e horário quando retornar em fevereiro.

Eu realmente não sei se vou assistir Raio Negro. Ou se assistiria. Pode ser que eu me engane e seja uma série ótima, mas o CW meio que andou me decepcionando/não conseguindo me cativar 100% com certas coisas do Arrowverse. Mas eu obviamente desejo todo sucesso a série. A premissa é muito boa.

Cress Williams lidera o elenco que conta com Nafessa Williams e China Anne McClain como suas filhas, Christine Adams, Damon Gupton, James Remar e Jill Scott, que viverá a vilã Lady Eve.





Via Coming Soon

Andrew Kreisberg é demitido pela Warner Bros. TV
A onda de acusações sobre assédio sexual continua, com Andrew Kreisberg, pai Arrowverse, entre os envolvidos. Foi uma coisa que me surpreendeu de leve confesso, pois o CW sempre se esforçou em dar destaque as mulheres do Arrowverse por motivos relevantes, ou pelo menos tentou...

Mas Kresiberg foi acusado por várias pessoas, com mensagens de apoio de vários atores e atrizes do Arrowverse, entre eles Emily Bet Rickards e Melissa Benoist. E após investigação, a Warner Bros. Television Group determinou que o produtor fosse demitido imediatamente, tendo Kreisberg sido afastado tão logo bomba caiu.

Assim, Greg Berlanti assume responsabilidades extras em The Flash, onde trabalhará de perto com o produtor executivo/co-showrunner Todd Helbing, e em Supergirl, onde o trabalho será com os produtores executivos Robert Rovner e Jessica Queller.

É uma decisão rara de acontecer, o que me surpreende muito, embora não devesse. Respeito era pra ser normal, e a falta de respeito, se comprovada, punida de forma jusa. Me surpreende mais ainda por ter sido uma decisão tomada tão rapidamente. Resta dar Palmas e Tocantins ao CW e a WBTV.

Novamente: Sou muito complicada de achar que é uma decisão 100% social, e mais uma decisão de negócios, mas ainda assim... Tá valendo. Uma vitória é uma vitória.

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.