Header Ads

Vale a pena ler de novo: Resumo da semana 05/11 a 11/11

Um som pra gente curtir: La Bouche - Be My Lover

Hora de sentar, respirar, e decidir entre as dez formas diferentes que eu pensei em como fazer o texto dessa semana. Optei por passar uns dias mastigando o tema em questão, pensando se valia a pena eu me expor e abordar o dito cujo, mas chegou ao ponto em que não dava mais para correr.

O oportunismo da Imprensa Especializada (pff) já produziu várias opiniões lindas e poéticas sobre as denúncias de assédio sexual no cinema, TV, etc, mas eu preferi passar uns dias acompanhando porque eu queria dizer algo sincero, e não profissional. Ironia publicitário falando de sinceridade, hein? Do jeito que a vida tá trocando as pernas, nada mais é surpresa.

Fiquei feliz de ver esses escândalos. Mas Bruna sua ave agorenta, tá se divertindo com o sofrimento alheio? Nah. Já disse, eu não sou a Imprensa Especializada (pff). Deus me livre. Essas ondas são boas pra gente reforçar mensagens importantes, e separar quem presta de quem não presta.

O assédio sexual é uma das coisas mais antigas e infelizes dessa sociedade orientada para o homem. E eu digo isso com 100% de lembrança que o público majoritário do Armadura Nerd é masculino, o que pode me render um hate absurdo. Mas aí, eu lembro de um detalhe bobo, quase irrelevante: o site é meu, heh. Meu e do Renan, claro, mas eu posso fazer o que der na telha. Eu sei que você entende.

Sem contar que, eu acredito/espero que o nosso público seja muito melhor que os pseudo machos por aí.

Ain você tá muito extremista hoje. Tô mesmo.

Ain, mas engraçado elas só falarem desses abusos agora, né?

Antes falar tarde do que nunca. Não tem como sofrer violência física, mental, emocional, psicológica, e ficar de bem com a vida. Você até tenta. Digo isso pela minha vida atual, de ver o sofrimento de alguém que eu gosto muito e do que eu mesma estou passando. Coisas que eu não posso contar, que nem minhas amigas mais próximas sabem direito. Aí eu olho os memes anti-feminista por aí... É engraçado.

Sim, é engraçado.

Parece que quem compartilha isso nasceu direto das tripas de um homem, só tem pai, irmão, avô, tio. Não tiveram mãe, irmã, tia, sobrinha, avó. Homens e até mulheres assim, só vão entender quando acontecer em casa. Quando a irmã for estuprada, a mãe agredida, a avó assaltada, etc. E ainda assim o risco da não-compreensão é real.

Ain Bruna, mas nem todo homem é assim. Não. Para.

Se você pensou nisso, rebobina e inventa outra desculpa. Esse sim é o falso vitimismo. Você garoto, homem, fez alguma coisa errada contra alguma mulher, alguma vez na vida? Se não, isso é bem bom. Não faz mais que a obrigação. Então não precisa se justificar. Agora quem veste a carapuça, alguma culpa tem...

Vamos tentar não ser esse tweet do Kbrad, por favor. O que é curioso para um jogador de Cammy, cuja história é famosa pelos abusos sofridos pela Shadaloo/Bison.

- Gal Gadot supostamente não querendo voltar pra Mulher Maravilha 2 se o Ratner estiver envolvido
- O texto super sério da Ellen Paige
- Declarações da Winona Ryder, Jaime AlexanderEmily Bett RickardsMelissa Benoist, Olivia Munn
- E tantas outras situações e nomes que me fogem a memória.

Fiquei surpresa do Andrew Kreisberg, produtor do Arrowverse, nisso, pois todo mundo no CW vem se esforçando em criar personagens mulheres relevantes, mas eu ainda tô achando isso lindo. Quanto mais exposição dos podres, melhor. Que as minas saiam a luta. Tem hora que você não muda a vida só com boas intenções.

Infelizmente "é normal" brigar com os homens pra explicar essas coisas até simples, mas sabe o que realmente me mata? É ver mulher criticando mulher por exigir os seus direitos. Mulher que faz isso deve ser robô, alien, sei lá. Tão acostumadas com briguinha e rivalidade imatura a la Gossip Girl, não conseguem crescer. 

E assim eu finalmente consigo abrir um pouco do coração nerd. Você entende, eu sei, senão o Vale a pena ler de novo não tinha tantos views semanais. É porque eu faço alguma coisa certa aqui. Quem sabe a gente continua a conversa na próxima retrospectiva?

No mais, vamos lá clicar e ver como foi a semana das nerdices biônicas e lindas.

Do site
Liga da Justiça (2017)

Cinema

Jogos

Jogos de Luta
eSports

Mobile

TV e Web

HQ e Mangá

Colecionáveis

Tecnologia

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.