Header Ads

Capcom Cup - Day 1: Resumo pegando fogo

Após vermos Nemo garantir a última vaga pelo LCQ enfim começou a Capcom Cup e ela já está pegando fogo literalmente. Com os 32 melhores jogadores do ano tivemos dois brasileiros na disputa com F3 Brolynho, líder do ranking LATAM e AAG DidimoKOF que venceu a grande final regional LATAM para garantir sua vaga.

Brolynho estreou contra Daigo e diferente do ano passado, deu mais trabalho ao The Beast ao empatar o confronto em 2-2 e vermos a decisão ficar para o último round. Daigo passou e seguiria no torneio até avançar para o Top 8 pelo lado da Losers após uma derrota para MenaRD com vários agarrões e enfrentará Moke.

Didimokof começou bem contra Yukadon abrindo 1-0, contudo, o japonês virou o jogo para 3-1 e terminou o torneio no Top 8 pelo lado Winners e enfrentará Tokido. Com os dois brasileiros na Losers vimos dois destinos diferentes, afinal, Brolynho enfrentaria Punk e Didi enfrentaria Oil King.


Com uma vida pela Losers pela frente Brolynho acabou perdendo rápido para Punk. Na primeira luta foi com Necalli, contudo, nas lutas finais tentou algo diferente usando Abigail. Acabou droppando um combo que poderia fazer uma diferença e a série andar. Acabou sendo o fim da linha para ele.

DidimoKof teve destino diferente na sua rota. Apesar do Rashid do Oil King mais ter parecido um pirocóptero, a yoga indiana prevaleceu e ele avançou com 3-1 e ganhando um pouco o público. A próxima luta seria contra Kazunoko e sua Cammy, ou seja, mais um personagem extremamente rápido pela frente.


Essa foi a melhor luta da noite ao meu ver. Tivemos de tudo: predict monstro do brasileiro nos anti-aéreos; Kazunoko full rushdown com momentos tik-throw; dois finais iguais; e o extravaso pela vitória. DidimoKof venceu por 3-2 após quase perder por um combo em V-Trigger e aqui ganhou geral.


A próxima luta foi contra Nemo e mais uma vez foi ao estilo brasileiro: sofrido. Até esse momento Nemo havia sofrido apenas para Daigo, já que contra Punk é necessário sofrer para vencer e quebrar o mental dele. Tivemos cinco lutas e, não seria absurdo dizer, Nemo deu sorte de encaixar soco após teleporte do Dhalsin, e assim, fazer seu combo decisivo com Aegis Reflect. Nemo venceu por 3-2 e DidimoKof e Infiltration são os nomes que o fizeram suar bastante.


O resultado acaba sendo histórico levando em conta que o brasileiro esteve treinando pouco já que sabemos bem como é viver em nosso país. DidimoKOF terminou na 16ª colocação enquanto Brolynho ficou em 24º. Confira o top 8 que disputará o título de melhor jogador de Street Fighter do ano:

Winners bracket
Rise|MenaRD (Birdie) vs. DNG|Itabashi Zangief (Zangief)
FOX|Tokido (Akuma) vs. YouDeal|Yukadon (Ibuki)
Losers bracket
Ponos|Moke (Rashid) vs. CYG|Daigo (Guile)
Mouz|Problem X (M. Bison, Birdie) vs. AW|Nemo (Urien)

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.