Header Ads

Warner Bros supera em 2017 a marca de 5 bilhões de dólares em bilheteria global


Fim de ano é aquela coisa: Tempo de boas notícias para todo mundo, até mesmo para Warner Bros. Pictures. A gigante do cinema passou a marca de cinco bilhões em bilheteria global, mais um ponto nesse 2017 cheio de altos e baixos, com vários chefes de estúdios distribuindo mais de uma dúzia de filmes, incluindo alguns do estúdio irmão, o New Line Cinema.

Novembro foi outro mês dividido com o lançamento e performance mediana de Liga da Justiça, cuja previsão é faturar menos do que Homem de Aço (2013), tornando-se o filme de menor bilheteria da casa desde Batman Begins (2005). Mas nem só a Liga teve sua cota de Via Crucis: Blade Runner 2049, queridinho da crítica e forte concorrente na cerimônia 2018 do Oscar, não teve o feedback financeiro esperado por muitos motivos, entre eles você podendo atribuir ao fato de muitas pessoas não conhecerem o Blade Runner original, de 1982.

Ainda assim, a Variety reporta que o estúdio superou os cinco bilhões, tornando essa a oitava vez em nove anos que a Warner Bros. fatura mais de quatro bilhões. Em 2017 quem liderou os números foi Mulher Maravilha, com U$ 821.7 milhões em bilheteria global, o filme de história de origem de um herói mais lucrativo a ser lançado. A notícia vem poucos dias após a Walt Disney Studios superar a mesma marca.

Sue Koll, presidente de marketing mundial da WB, disse:

Estamos entusiasmados em alcançar essa marca extraordinária à medida que chegamos ao fim de um ano incrível. Superar os US $ 5 bilhões em um único ano só pode acontecer com um incrível nível de trabalho duro em todas as divisões de cinema, bem como as inestimáveis contribuições de muitos talentosos cineastas e atores com quem somos tão afortunados de colaborar.

O segundo filme a liderar as finanças da Warner em 2017 foi It: A Coisa, que faturou loucos U$ 694.1 milhões globais. A adaptação inspirada no clássico de Stephen King sagrou-se como o filme de classificação R mais lucrativo, superando Deadpool (2016). Também tivemos Dunkirk, adaptação de Christopher Nolan para uma das várias histórias marcantes da Segunda Guerra Mundial, levando para casa U$ 525 milhões com possibilidade de mais, já que Dunkirk voltará aos cinemas em sessões limitadas.

Dunkirn, inclusive, está sendo considerado ao Oscar de Melhor Filme.

Além dos títulos já citados é claro que precisamos registrar:

- Kong: Ilha da Caveira, que sob o comando do talentoso Jordan Vogt-Roberts arrecadou U$ 566 milhões;
- LEGO Batman: O Filme, de Chris McKay, que arrecadou U$ 312 milhões
- Annabelle: A Criação do Mal, de David F. Sandberg, que fecha a lista com U$ 305 milhões no bolso

E Rei Arthur: A Lenda da Espada, que apesar da recepção bem negativa, arrecadou o bastante para dar o boost necessário rumo aos cinco bilhões. 

Liga da Justiça é o lançamento mais recente da Warner Bros., e a bilheteria global está atualmente na casa dos U$ 572 milhões, o que não é um número ruim, porém em basicamente uma semana chega aos cinemas Star Wars: Os Últimos Jedi, o literalmente último grande lançamento de 2017, e que tende a atrair todas as atenções nas festas de fim de ano, e quem sabe até nos primeiros meses de 2018.

Pelo menos a China compareceu e deu aquela força, né?

Sobre Bruna

A loca de todas as coisas. Devota de Céline Dion. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Eu gosto de romances como eu gosto do meu café.

(Eu não tomo café)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.