Header Ads

HQ de Star Wars mostra como Rogue One impactou Luke Skywalker


Desde a compra da Lucasfilm pela Disney em 2012, os fãs de Star Wars viveram para ver uma única e unificada narrativa. Por décadas o público se perguntou o que aconteceu com Luke, Leia e Han Solo após o filme original, e antes de O Império Contra-Ataca, afinal, a linha do tempo invertida e confusa de Star Wars é lendária. Mas a HQ mais recente da galáxia muito distante vem retratando as aventuras do trio, com a edição mais recente mostrando como a missão em Rogue One impactou o Jedi.

A HQ tem como foco a missão de Luke, Leia e Han em Jedha para impedir o Império de possuir os cristais Kyber que restam. Em uma edição lançada em 2017, o trio maravilha conhece Ubin Des, que diz que deveria ter feito parte da missão Rogue One em Scarif, não fosse pelo fato de ter adoecido.

“Aqueles que foram bons o bastante para desobedecer ordens e fazer a coisa certa, foram e morreram. Os que não foram ainda estão aqui," Ubin Des revela a Luke. “Jyn Erso liderou a missão. Eu queria ter ido com ela…”

Na edição #42 o impacto completo da missão Rogue One fica registrado com Luke, que revelou que nunca teria entrado na corrida contra a Estrela da Morte se soubesse o que estava em jogo.

"Rogue One deu quaisquer passos que eles precisavam. Pessoas criando distrações, se sacrificando, amplificando o sinal. Tudo improvisado," Luke compartilha. "Essa corrente de sacrifícios... Todos pra me levar a dar aquele tiro. Fico feliz de não saber. Eu não tenho ideia do que teria feito com toda pressão extra."

A HQ ainda ajuda explicar porque, mesmo sabendo que sentia a necessidade de seguir o treinamento Jedi, Luke ficou com a Aliança Rebelde por tempo o bastante até chegar a Hoth... Além de revelar algo bem interessante sobre Leia.

Durante uma interação em Jedha, Leia relembra a Luke parte das palavras finais que seu pai disse, confiando a ela a missão de entregar os planos da Estrela da Morte a Obi-Wan Kenobi. Isso criou um senso de dever na princesa mais querida da galáxia, com ela priorizando a Aliança Rebelde acima de tudo. Enquanto Luke sentiu que devia deixar os Rebeldes para tornar-se um Jedi, Leia nunca teve o mesmo "luxo" da escolha.

É um pedaço de informação muito interessante mesmo, que dá um óbvio peso emocional extra (como se precisássemos, risos) a Rogue One: Uma História Star Wars. Confira a prévia:





Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos de luta, indie e mobile. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária cuja alma foi vendida aos antigos espíritos marketeiros do mal. Praticamente um Mumm-Ra.

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.