Header Ads

SuperData revela que jogos free-to-play lideraram a indústria em 2017


Ah, a treta. Ela é real. A SuperData publicou seu relatório anual, detalhando a performance global da indústria de jogos, e ele trouxe o resultado da conspiração: Os jogos free-to-play lideraram a indústria em 2017.

O relatório diz que o negócio de entretenimento interativo gerou U$ 108.4 bilhões em 2017, entre as vendas de jogos digitais, eSports, streaming, realidade virtual (VR), e realidade aumentada (AR). São informações muito interessantes para desenvolvedoras e curiosos das estatísticas, mas vamos falar de números mais específicos:

- A SuperData diz que em 2017 o mercado de jogos mobile dominou, trazendo U$ 59.2 bilhões para casa. É um aumento de U$ 14 bilhões desde 2016. Enquanto isso, o PC foi a segunda maior fonte de lucro em 2017, com U$ 33 bilhões, seguido pelos U$ 8.3 bilhões gerados pela venda de jogos digitais para consoles;

- Mesmo com todo sucesso de jogos 'premium' para PC, feito PlayerUnknown’s Battlegrounds, que representou 12% do faturamento total com jogos pagos em 2017, o free-to-play trouxe a maior parte do faturamento nos PCs, e por uma larga margem.

Dando nomes aos bois: League of Legends, da Riot Games, lucrou U$ 2.1 bilhões, seguido pelos U$ 1.6 bilhões de Dungeon Fighter Online, da Nexon e Tencent, e ao todo, o free-to-play no PC faturou U$ 15 bilhões, um aumento de 15% em relação a 2016.

Em questão de jogadores, uma em cada três pessoas -ou na faixa de 2.5 bilhões de pessoas- jogaram games free-to-play no PC, ou mobile. Entre ambas as plataformas, os free-to-play movimentaram U$ 82 bilhões, e foram responsáveis por 89% do faturamento que os jogos digitais conseguiram em ambos os mercados. Juntos.



Como você viu, muito do faturamento free-to-play veio da Ásia, tendência que a SuperData espera continuar em 2018, e que explica o motivo de tantos jogos que saem primeiro lá, ou muitas vezes, apenas lá. Entre jogos para PC, mobile, e free-to-play sociais, os países asiáticos geraram U$ 42.8 bilhões em receita, um número loucamente superior aos U$ 13.1 bilhões da América do Norte, e os U$ 10.9 bilhões da Europa.

As previsões esperam que o faturamento dos PCs, e jogos sociais free-to-play permaneça estável em todas as três regiões, enquanto o mobile deve ter crescimento na Ásia e América do Norte em 2018.

Bateu a curiosidade de saber mais? O relatório completo da SuperData trás muita informação boa além disso, como o lucro gerado por sites de streaming e eSports. Você pode baixar o arquivo grátis no site da empresa.

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.