Header Ads

Prévia do episódio 3x15 de Supergirl mostra Mon-El com seu traje clássico


Supergirl está de volta após um longo hiato, e o episódio de retorno foi um verdadeiro bang, onde os fãs virama reunião entre Winn (Jeremy Jordan) e sua mãe (Laurie Metcalf)... E um outro detalhe bem importante: A verdadeira missão da Legião dos Super-Heróis. E ela ela vai um pouco além de apenas impedir que Reign (Odette Annable) cause o caos.

Mais exatamente: A verdadeira missão é parar a terceira Worldkiller conhecida como Pestilence, que em mil anos irá evoluir para o monstro Blight, e vai causar ainda mais caos por toda galáxia. Quem assiste a série talvez lembre quando Mon-El contou a Supergirl & cia sobre quando o planeta Winath foi destruído pelo monstro, de como a Legião descobriu um jeito de detê-la e codificou a informação em seus DNAs.

Entretanto, não será tão simples assim. Claro. Em entrevista ao Entertainment Weekly, o ator Chris Wood comentou que a missão se torna parte importante do relacionamento de Mon-El com Imra e Kara. "Definitivamente se torna um elemento importante para o relacionamento deles avançar em quanto revelar e quando revelar, e a quem isso realmente sobrecarrega ou ajuda se ele escolhe fazer isso?" Wood disse. "Isso se torna seu dilema."

O episódio da próxima semana muda o foco para J'onn (David Harewood), onde ele é forçado a lidar com uma verdade nada boa sobre seu pai (Carl Lumbly), que acidentalmente tem causado distúrbios psíquicos em todos do DEO. Enquanto isso, Mon-El e Kara treinam técnicas de luta avançadas que provaram ser úteis contra os Worldkillers, mas o resultado da primeira sessão também não vai ser tão bom assim.

"In Search of Lost Time" será exibido na próxima segunda-feira nos EUA pelo CW. No Brasil, quem transmite a série Supergirl é o canal Warner. Dito isso, vamos à prévia:


Sobre Bruna

Descobri o significado da vida quando me tornei uma Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts.™ Sou entusiasta dos jogos de luta, devota de deus MOV e Lorde Daigo e Senhor. Me xinga de qualquer coisa, mas nunca de "jornalista."Aí dá treta.

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.