Após a passagem bem sucedida pela E3, com port anunciado para Switch, e o super divertido torneio entre celebridades, Fornite se prepara para o próximo passo: A Copa do Mundo. Mas não a do bate bola, é a Copa do Mundo de Fortnite.


O sucesso meteórico

Em menos de um ano Fortnite atingiu a marca de 125 milhões de jogadores, e isso é muita gente. Daí veio o crossplay para todas as plataformas, e o lançamento para iOS, que em 15 dias rendeu um belo lucro. Imagina quando sair para Android? Ainda teve o crossover com Vingadores: Guerra Infinita, que foi um sucesso.

Celebrando o feedback tão positivo, a Epic Games anunciou no fim de maio que iria investir U$ 100 milhões em competições durante a temporada 2018-2019, mas a informação parou aí. Agora, pós E3, a produtora explicou como isso vai acontecer.

Como será a Copa do Mundo de Fortnite

Os U$ 100 milhões anunciados pela Epic, serão divididos entre competições organizadas pela própria comunidade, eventos online e grandes competições ao redor do mundo. A Epic reforça que qualquer pessoa pode jogar, e vencer. As qualificatórias para Copa começam no segundo semestre, e a Copa em si, acontece no fim de 2019.

Aí vem uma pergunta importante (bastante): Qual modo será jogado? O vídeo de anúncio confirma o foco nos duos e solo, mas diz que "existirão várias oportunidades" para se reunir em squads durante a competição. É de se imaginar/palpitar que possa acontecer um "jogo das estrelas", por exemplo.

"Esteja você na competição ou assistindo em casa, queremos que seja divertido para todos", o vídeo também fala. Mas a parte incrivelmente interessante? A Epic não venderá times ou franquias, ao exemplo do que é feito na Overwatch League, por exemplo. Menos ainda permitir que outros façam isso.

Não tem como não te amar por isso, Epic.

Via VG247