Header Ads

Vale a pena ler de novo: Resumo da semana 10/06 a 16/06

Um som pra gente curtir: Banda Beijo - Bate Lata

Eae você.

Hoje não vamos ficar muito no papo introdutório-filosófico-nerd, pois temos um bocado de coisa pra falar sobre. Então sente-se aí, fique bem confortável e vamos conversar.

Meu problema com os jogos da Sony

A conferência da E3 que geralmente me deixa mais "meh" é a da Sony. Não é que ela apresente jogos ruins, pelo contrário. É que ela investe demais num tipo de jogo com o qual eu tenho problemas: Os que são literalmente filmes interativos, sabe? The Last of Us 2, Detroit: Become Human, etc.

E eu fico pensativa: Com uma tecnologia tão avançada, que graça tem emular visuais realistas? Há quem goste e eu não critico, mas até onde isso é realmente divertido? Eu não sei. Eu sei que são jogos ótimos para assistir, como Prey, Resident Evil 7, mas não é bem o meu estilo favorito. Se é para ter filme, prefiro cinema ou séries, onde você pode trabalhar o "jeitão de jogo". Como Game of Thrones ser um "Skyrim da TV".

Só não jogo na fogueira os jogos Assassin's Creed e Tomb Raider (os novos), que eu gosto por razões além da tara sexual de orgasmos nerds em falar sobre gráficos hiper modernosos. Essa obsessão não é nada boa, e em casos como a Sony, que alimenta essa cultura entre os jogadores de PS4, e pior ainda por alienar (em maior ou menor proporção a perspectiva dos jogadores.

Pra não dizer que eu sou amargurada, tenho curiosidade -e não é para jogar- com Death Stranding. É a primeira produção do Kojima pós-Konami, e... A Léa Seydoux é uma das personagens.


ESL One Belo Horizonte: Voltando a assistir CS:GO?

No dia 13 começou a disputa da ESL One Belo Horizonte, trazendo o CS:GO de volta para o Brasil. E não é que eu acabei me pegando animada em voltar a assistir o tratratra? Durante a semana eu vivo mais de espiadinhas não só pelo tempo curto, mas porque ô ideia idiota foi colocar a transmissão dos eventos da ESL via Facebook. Transmissão exclusiva.

E ainda assim a transmissão internacional teve mais estabilidade que os lags infinitos da brasileira. E o evento é no Brasil. Chega beirar o paradoxo, isso.

No fim de semana deu pra dar uma espiadinha melhor nos jogos, e dói ver a SK Gaming jogando do jeito perdido de atualmente... Os times brasileiros de CS:GO são queridos, mas em escala mundial, poucos são tão populares e agitam até mesmo os gringos quanto a SK. Com o fim da competição, que teve a vitória -justa- da FaZe Clan, eu realmente torço por tempos melhores.

Se esses tempos melhores tiverem que ser na MiBR... Que assim seja, pois do jeito que a coisa vai, não tem como (heh) ficar. Somar o carisma dos meninos ao marketing do nome Made in Brazil é deveras interessante.


Saudade, jogos de luta

Esses duas eu vim conversando algo com o Renan que nos deixou bem tristes: Saudades dos jogos de luta. Os sites voltados para eSports e jogos em geral já não cedem a melhor das coberturas para FGC, e os poucos sites que fazem isso, não vem fazendo direito. E eu percebi que faz um tempo que eu não passo por esses sites com tanta frequência, menos ainda que eu paro lendo as coisas.

O conteúdo caiu muito não só na qualidade do texto, mas nos assuntos. Tanto evento bacana que eu e você não sabemos, e que com certeza está acontecendo, e fica sem cobertura. Tantas curiosidades que poderiam ser ditas, e não são. Tantas ideias interessantes, feito ter os atletas como colunistas, e nada.

Mas na hora de puxar o tapete do coleguinha por causa de status, por causa das boquinhas, aí sim rola hadouken e o bode a quatro. Pelo menos nem tudo está perdido, pois o Born Free é um dos melhores produtores de conteúdo... E original. As entrevistas são sempre boas de ver, rendem boas respostas do pessoal. Recomendo 2000%:





Uma OBS sobre Capitã Marvel 

Foi bacana por demais que tenham anunciado uma compositora para criar a trilha de Capitã Marvel. O mínimo que o estúdio deve fazer é isso: Incluir muitas mulheres no projeto, fazer bastante hype, promover o filme até a exaustão, pois é muito complicado um estúdio tão grande demorar dez anos para ter um filme com mulher protagonista. Até a Warner Bros. conseguiu isso antes, risos.

E é legal que a Pinar Toprak tem um trabalho que eu não esperava: Ela compôs a OST da temporada 3 de Fortnite, se eu bem lembro. É um background diferente, e eu vejo potencial justamente por isso.


O diabo também tem salvação

Fiquei indiretamente triste quando soube que Lucifer foi cancelada. E por favor, não deixem a minha família saber disso, ha. Eu não assisto a série religiosamente (risos de Cazalbé), mas o pouco que eu vejo/já vi me fez criar uma simpatia por ela, sobretudo a versão dublada. Sim, chocante, eu assistindo coisas dubladas.

Em matéria de dublagem, Lucifer me faz lembrar 24 Horas: Por mais que a dublagem corte toda vibe do áudio original, quando o pessoal envolvido é bom, eles acabam criando a própria atmosfera, sem fugir da proposta. Doideeera, né? Ainda mais pela voz do cramunhão ser do Alfredo Rollo, e a tiete do Vegeta em mim não pode deixar isso passar. Que venha a quarta temporada!


Jurassic Park Evolution é bem legal (Mas eu não compraria)

Eu tenho um problema seríssimo com jogos de RPG e gerenciamento de recursos, vide tudo que eu disse no Game & Música de Civilization 6. Mas não deu pra negar: Jurassic Park Evolution é bem legal mesmo. É um "City Ville de luxo" porque o preço não é nada barato, da última vez que eu vi na Steam ele saía por R$ 99. Só que para assistir gameplays ele é extremamente divertido! E é legal por ter várias referências aos novos filmes e etc.

Pra quem gosta de dinossauros, esse tipo de jogo, e tem uma graninha dando bobeira na carteira, é um jogo que parece interessantíssimo.

Dito tudo isso, vamos ao momento mais importante de toda semana: Vamos clicar!

Do site

Cinema

Jogos
Jogos de Luta

eSports

Mobile

TV e Web

HQ e Mangá

Outros

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.