Header Ads

Comitê Olímpico cria grupo que estuda inclusão dos eSports nas Olimpíadas de 2024

Foto: COI

Organizado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e a Global Association of International Sports Federation (GAISF), no dia 21 de julho aconteceu na Suíça o Oympic Esports Forum. O ponto alto do fórum foi a criação do Esports Liaison Group, o ELG, que irá promover o maior engajamento entre os esports e os esportes tradicionais.

Um momento histórico

Rick Fox, o chefão da Echo Fox, foi o moderador de um dos painéis

Embora o foco não tenha sido falar da inclusão dos eSports nas Olimpíadas, o fórum contou com 150 participantes de vários segmentos da indústria dos jogos, entre pro players patrocinadores, publishers, e representantes da Riot Games, Epic Games, Blizzard e ESL. Os painéis realizados abordaram temas como apoio do governo, transmissão, investimento, atletas e igualdade de gênero.

O presidente da GAISF, Patrick Baumann, abriu as atividades falando da importância de criar um entendimento entre a comunidade de esports e o movimento olímpico. Baumann citou ainda como as duas comunidades podem colaborar entre si, e os benefícios que podem surgir disso. Em seguida ele apresentou o moderador: Rick Fox, tricampeão da NBA e dono da Echo Fox, uma das organizações mais prestigiadas dos esports.

(Echo Fox que é casa do Tokido, um dos favoritos da Pessoa que Vos Fala™)

Mundos nem tão diferentes assim

Você já sabe a diferença entre o charme e o funk. E a diferença entre LoL e atletismo?

Fox apresentou o painel "The World of Esports", onde executivos dos esports falaram sobre o estado atual da indústria, prioridades e semelhanças com os esportes tradicionais. O CEO e presidente da Blizzard Entertainment Mike Morhaine, destacou o caminho já percorrido:

Um dos pontos de mudança foi em 2010, quando começamos a ver plataformas de streaming disponíveis na internet.. Isso tornou acessível para qualquer um transmitir um torneio, e assistir um torneio em qualquer lugar do mundo. Gente que não esteve presentando atenção no fenômeno dos esports, agora está interessada. Então o que nós temos, é que pela primeira vez a ESPN estará transmitindo a Overwatch League no horário principal, algo que nunca vimos antes.

Já o CEO da Riot Games Nicolo Laurent falou sobre a importância de criar regulamentos e sistemas que permitam o crescimento dos esports:

Um dos pontos problemáticos é viajar. Alguns países realmente recebem os atletas de esports, como os EUA, e você recebe o visto de atleta. Entretanto, existem países menos sofisticados nesse sentido, o que dificulta o crescimento em certas áreas do mundo.

(Tanto que não é comum vermos casos de pro players e times inteiros que ficam fora de competições por não conseguirem visto)

Após o fórum na Suíça, o próximo compromisso do ELG será o Olympism in Action Forum, que acontece no final do ano em Buenos Aires. O grupo também participará de um fórum em Tóquio, no final de dezembro

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos de luta, indie e mobile. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária cuja alma foi vendida aos antigos espíritos marketeiros do mal. Praticamente um Mumm-Ra.

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.