Header Ads

Simon Pegg fala sobre a luta contra depressão e alcoolismo


Embora tenha passado por grandes franquias e dado vida a personagens queridos pelo público, o ator Simon Pegg recentemente falou sobre algumas lutas que enfrenta na vida real. Entre elas a depressão e o alcoolismo.

Em entrevista ao The Guardian, o ator relembrou: "Eu estou num filme com Tom Cruise, tenho o papel do Scotty em Star Trek. Isso devia me fazer sentir feliz, mas não fazia".

Pegg, que em Missão: Impossível vive o carismático Benji Dunn, luta contra a depressão e lida com a automedicação desde os 18 anos. Atuar foi a forma que ele encontrou para esconder seus problemas até mesmo dos amigos mais próximos.

"Uma coisa que o vício faz é deixar você hábil em não entregar como as coisas estão", continou. “As pessoas acham que viciados e alcoólatras são pessoas desleixadas e desmotivadas. Eles não são - eles são incrivelmente organizados. Eles podem conseguir uma dose rápida de uísque e você não saberia que eles fizeram isso. É como se... Você fosse micro-gerenciado pelo vício. Mas, eventualmente, os sinais são óbvios demais. Você levou o cachorro por muitos passeios".

O nascimento da filha de Pegg a primeira rachadura no problema. Embora não tenha sido o momento revelador que alguém poderia esperar, e nem tenha sido um onde o ator subidamente se viu sóbrio, foi algo que o fez ver a necessidade de ter "uma abordagem dedicada, seja terapia ou medicação, ou qualquer outra coisa" para combater o vício.

Já a San Diego Comic-Con 2011 foi o divisor de águas negativo. Pegg promovia o filme Paul - O Alien Fugitivo, mas durante a viajem sumiu por quatro dias. Incapaz de ficar sem beber, o ator foi internado para reabilitação, e só aí começou a virar o jogo em seu favor. Com ajuda da reabilitação e dos Alcoólicos Anônimos, ele ganhou perspectiva sobre si mesmo, e sua saúde mental.

Simon Pegg que ter interpretado Gary King foi uma forma de expressar o que sua vida tinha sido até então. O personagem, do filme Heróis de Ressaca (2013), é um homem obsessivamente dedicado em participar de um pub crawl, competição de bebedeira em vários bares numa única noite.

"Eu senti como se estivesse dizendo [sua história] às pessoas com esse filme", ele admite com um sorriso. “Porque é assim que o vício é. É como se você tivesse crescido uma segunda cabeça e tudo o que ela quer fazer é se destruir, e isso se põe à frente de todo o resto - casamento, filhos, trabalho”.

Por um tempo, Pegg quis manter a história da recuperação em segredo. Agora, ele se sente muito mais confortável compartilhando o que aconteceu.

"Não tenho vergonha do que aconteceu", disse ele. “E acho que se alguém encontrar alguma relação com isso, pode motivá-los a ficarem bem. Mas eu também não estou orgulhoso - não acho legal como se eu fosse o Sr. Rock n' roll e toda essa merda. Não foi, foi simplesmente terrível".

Dia após dia surgem exemplos de que por trás de todo personagem carismático ou durão, existe uma pessoa real, como todos nós. Recentemente o ator que interpretou Jar Jar Binks em Star Wars falou sobre como quase cometeu suicídio.

Nesta quinta-feira (12) Simon Pegg & cia se reúnem para premiere mundial de Missão: Impossível - Fallout em Paris. O filme, sexto giro da franquia, deve estrear com uma ótima bilheteria, e a Pessoa que Vos Fala™ está ansiosa para ver o que aprontaram com todos os personagens, inclusive o Benji.

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.