Header Ads

CW escala Ruby Rose como Batwoman


Habemus Batwoman! Foi anunciado nesta terça-feira (7) que Ruby Rose viverá a heroína na TV. A Batwoman estreia oficialmente no crossover anual do Arrowverse, que será exibido em dezembro.

O anúncio vem nos trilhos da informação que indicava a busca por uma atriz lésbica para o papel. Rose é conhecida do público pela passagem por Orange is the New Black, mas também apareceu em John Wick 2Resident Evil 6, xXx: Reativado, e retorna aos cinemas em 2018 com Megatubarão.

Assim, o CW amplia sua reputação pró-diversidade e representação. Vale lembrar que Supergirl terá Nicole Maines como Nia Nal, a primeira heroína trans da TV.

Batwoman foi o primeiro grande personagem da DC Comics a ter sua sexualidade assumida nas HQs. Apresentada pela primeira vez em 1956, ela então sumiu do radar até 2006, quando volto às páginas dos quadrinhos. Judia e abertamente gay, a heroína tem origens militares, e não deixa nada em dívida com sua maior inspiração: o Morcegão. Ela ainda foi a defensora de Gotham na Detective Comics, quando Batman não era uma realidade.

Tudo indica que o CW terá uma forte inspiração nos quadrinhos. Na descrição de elenco, Kate Kane é descrita como alguém que aspirou a carreira militar um dia, porém teve os sonhos interrompidos ao ser expulsa de West Point ao se assumir lésbica. E tal como nas páginas de papel, a personagem vai encarar muito dos seus demônios pessoais mesmo quando se tornar o símbolo de justiça e esperança de Gotham City.

Já o anúncio de Ruby Rose no papel vem após o presidente do CW, Mark Pedowitz, comentar que a série está nos estágios iniciais de desenvolvimento. 

"Faremos um piloto para o meio da temporada, seja para a série, não posso te dizer", disse Pedowitz na coletiva de imprensa do TCA. "Temos cinco [séries da DC] no ar e acabamos de adicionar uma sexta".

O meio de temporada nos EUA acontece no fim de ano, quando a grande maioria das séries para e só retorna das férias nos primeiros meses do ano seguinte. Ou seja: e não duvide se daqui pouco tempo tivermos mais alguma notícia sobre o episódio piloto.

Caroline Dries, que foi roteirista e produtora em The Vampire Diaries, será produtora executiva de Batwoman. Juntam-se a ela na mesma função Greg Berlanti, Sarah Schechter e Geoff Johns, agora não mais chefe da DC Entertainment. Berlanti e Schechter produzirão via Berlanti Productions em associação com a Warner Bros. Television. 

Se receber sinal verde, a série da Batwoman tem estreia prevista para 2019.

Enquanto isso, fique de olho para ver Ruby Rose no crossverse em dezembro. Ou será que ela pode já aparecer na atual temporada de Arrow? Fica o #descubra.

Via CB

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.