Header Ads

Vale a pena ler de novo: resumo da semana 19/08 a 25/08

Um som pra gente curtir: Arch Enemy - You Will Know My Name

Eae você.

Não tem como começar a retrô sem falar do que todo mundo já falou: Jacksonville. De forma ativa eu não faço parte de nenhuma comunidade dos esports, mas aprendi a me sentir parte. Sem o esporte eletrônico a minha vida teria sido muito diferente, até meio chatinha. Então mesmo não tendo tempo pra tudo, muito mal pro que eu gosto (Street Fighter 5 mais do que tudo), procuro ficar em dia sobre tudo que der.

Mais que um problema sobre armas, que não é o nosso tema, o tiroteio em pleno torneio de Madden 19 que feriu tantos e matou outros, reforça algo que eu tinha em mente de dizer nessa retrô, mas vou só pincelar. A gente vive em sociedade sem saber viver como sociedade. Não sabemos ter simpatia, empatia, não sabemos ganhar e não sabemos perder.

A nossa vida gira em torno de um eucentrismo tão doente que relacionamentos de perto e longe estão morrendo. Seja pelas armas de fogo ou por armas diferentes, mas que ainda assim doem. E muito.

Na semana passada da Kelly Marie Tran surpreendeu o mundo. Quebrou o silêncio na base de um um belo texto divulgado pelo New York Times. Eu segurei o texto para ler ontem e wow, não sabia que ela era vietnamita. Respeito. Entretanto, foi um texto que me deixou triste ao refletir sobre o que ele aponta. É uma coisa totalmente em comum com o tiroteio de Jacksonville.

Nem todo mundo tem a elegância e o sarcasmo do Christopher McQuarrie para lidar com os "fãs" de Star Wars. Eu já teria bloqueado meio mundo, e a outra metade eu teria indicado o lugar perfeito para tomar um... Suco. Eu gastaria o estoque de xingamentos, seria feio, mas valeria a pena.

E o que é que esses dois casos tem em comum:

Ambos são formas de agressão sustentadas por uma cultura do eucentrismo que precisa parar.

A vida foi banalizada. Se por grandes motivos já é errado, imagine gente que se sente no direito de matar gente por motivos absurdamente rasos. Você bateu no meu carro, então vou te atropelar. Eu não quero deixar você ser feliz com outro cara, então vou te jogar do prédio. Você falou mais alto comigo, então eu vou agredir sim. Eu perdi uma partida de Madden por sua causa, então vou tocar o caos.

O mesmo vale para você, fã das nerdices. Eu sei que você gasta tempo e dinheiro nas suas paixões. É mais do que direito, é uma coisa boa. Mas esse mundo não é só seu. Cada pessoa tem uma relação diferente com os filmes da Marvel, as séries da DC, os jogos de Call of Duty, os torneios de Street Fighter, eu não sei. Nem todo mundo tá aí desde sempre, nem todo mundo se importa se o Homem de Ferro é legal, em gostar da trilogia original, ou mesmo de gastar fortunas.

E convenhamos, esse mundo nem é 100% nosso. Ele é dos grandes peixes brancos, que decidem tudo na base do business. Então eu penso: não seja uma pessoa babaca e egoísta, por favor.

É como eu digo pras amigas da Grande Rede™: até os limites têm limites. Seja Jacksonville, o caos nas favelas do RJ, uma briga de Facebok, ou tudo que a Kelly Marie Tran sofreu, se existia um limite a gente claramente perdeu a noção de onde ele terminava, passamos com folga e agora tá difícil de enxergar o caminho de volta.

Tá normal matar, agredir, ofender, ameaçar... Tá vendo porque a DC criou 52 Terras? Uma só não tá dando pro gasto.

O papo da retrô saiu muito mais sério e diferente do que eu tinha planejado, mas é assim que as coisas são. Abrir o coração nerd tem horas que implica tocar em pontos sensíveis. Semana que vem eu tento espremer o assunto que seria de hoje, voltar com a lista de temas.

Mas só pra gente terminar numa nota mais positiva, seguem as dibradas do menino Renan em Arena of Valor:


Do site

Gamescom 2018
Cinema

Jogos
Jogos de Luta

Esports

Mobile

TV e Web

HQ e Mangá

Eventos

Outros

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.