Header Ads

Pixel Show terá espaço exclusivo para realidade virtual e transporte do futuro


A 14ª edição do Pixel Show, maior festival de criatividade da América Latina, que acontece entre os dias 10 e 11 de novembro, no espaço Pro Magno, em São Paulo, terá este ano uma sala exclusiva com nome de Tech & Inovação para debater inovação, futurismo e movimento maker.  O mercado de tecnologia está sempre aquecido, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), as empresas do setor registraram um faturamento de R$ 467,8 bilhões em 2017, crescimento de 5,4%, se comparado com 2016.

Entre os destaques da sala está a palestra do desenvolvedor de negócios da Hyperloop Transportation Technologies para o Brasil, Ricardo Penzin, que falará sobre o futuro do transporte de cargas e passageiros e os planos da empresa no país.  A Hyperloop TT desenvolve o veículo Hyperloop, um trem que se move dentro de tubos metálicos com ar de baixa pressão, e atinge a velocidade de até 1.123 km/h, mais do que a velocidade do som.  O sistema é baseado na criação de Elon Musk, fundador e presidente da Tesla e da SpaceX, que realizou o primeiro teste em 2013.

A Hyperloop TT trará para a feira uma maquete do sistema que possibilitará ao público presente conhecer melhor o projeto, incluindo o visual de seu interior e informações sobre o funcionamento do Hyperloop.  Segundo Penzin, “esta é a grande inovação para o transporte, além de ser mais segura e totalmente sustentável, pois obtêm energia a partir de painéis solares. E estamos em sintonia com o público do Pixel Show, por sermos uma empresa colaborativa, onde pessoas do mundo todo e de diferentes áreas contribuem para a construção e realização do projeto no Brasil”, explica.

Para falar sobre uso da realidade aumenta, virtual e mista - RA/RV/RM, o Pixel Show traz o cofundador e CEO da Beenoculus, empresa brasileira líder do mercado de soluções para realidade virtual, Rawlinson Terrabuio. O empresário fará a palestra ‘O futuro da computação móvel - a evolução dos dispositivos para eXtended Reality”, e falará sobre o uso da arte em headsets (óculos de RA/RV/RM e acessórios), roadmap e do desenvolvimento da tecnologia no curto, médio e longo prazo.

Um dos exemplos abordados será a Beetools, uma escola de idiomas, que utiliza as tecnologias no aprendizado da língua inglesa.  Isso permite que o aluno pratique o idioma em um ambiente virtual no qual se sente à vontade para utilizar tudo o que aprendeu.  De acordo com Terrabuio, “a realidade virtual trata-se da mídia mais inovadora já criada. O cenário hoje é de evolução da tecnologia com headsets cada vez menores, com mais processamento e menores custos, estamos apenas no início de uma revolução na computação móvel”.

Os interessados em acompanhar as palestras no auditório principal ou nas salas temáticas, deve adquirir no site do evento. Há ainda uma opção de ingresso prioritário para acesso a três das salas temáticas, entre elas a de Tech & Inovação, uma vez que essas estarão disponíveis para todos os pagantes e serão preenchidas de acordo com a capacidade de assentos.

Para participar das atividades do Pixel Show 2018 e conhecer todas as atrações que vão agitar o cenário da Cultura e da Economia Criativa em novembro, acompanhe o site Pixelshow.co e reserve a agenda.

Serviço
14º Festival Internacional de Criatividade Pixel Show 
10 e 11 de novembro de 2018, das 8h às 22h 
Espaço Pro Magno – Casa Verde, São Paulo
Transporte gratuito a partir do metro Barra Funda
Mais informações: pixelshow.co


Entrada grátis – Feira de criatividade, SharpTalks e shows de música
Atrações pagas – Palestras da Conferência, workshops e teatro



Via Virtra Comunicações

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.