Header Ads

Solta o Play: Amaranthe - Inferno


E lá vamos nós, começar a semana e retomar as atividades. Começando do começo, temos que ter um som para abrir a semana, confere? Pois nós temos ele... Em parte motivado por Razões Filosóficas Existenciais™, em parte motivado pela curtição: você já ouviu a palavra do Amaranthe? Se não, sente-se aí e suba o som, pois vamos numa viagem metaleira tunz tunz.

Nossa semana começa ao som de Inferno, single do álbum 365, que será lançado agora em outubro. O Amaranthe é um dos -melhores- fenômenos dos últimos 10 anos, combinando o heavy metal sueco a uma inusitada, mais muito bem-vinda, série de arranjos de música eletrônica. É quase como se fosse Lasgo, porém com peso das guitarras, bateria e etc.

(Às vezes me lembra também uma versão com vocal feminino do Sonic Syndicate)

Fora que (e eu já devo ter dito isso aqui umas 500 vezes), eu adoro a Elize Ryd. A vocalista não só é talentosa de voz, de corpo (ela é bailarina), como é uma simpatia imensa de pessoa. Minha primeira entrevista, em 2013 (se bem lembro) foi com ela, tempos de Hardmetal Brasil. Pense numa pessoa simpática, sincera e bem humorada. É ela. Isso me conquistou ainda mais na banda.

Só que com aquele tempo que eu "passei fora" do metal, esqueci da banda. Agora, sabendo que eles vão lançar coisa nova, acabei relembrando uns clássicos, e topei com esse single. Então a semana está oficialmente aberta! Bora bater cabelo:

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.