Header Ads

Solta o Play: Timo Tolkki's Avalon - Enshrined in My Memory


Timo Tolkki sempre será lembrado por duas coisas: o talento na guitarra, e o temperamento difícil, agravado pelos problemas mentais - bipolaridade entre eles. Nah, Timo Tolkki não morreu de corpo, mas de arte, sim. O que é quase tão triste quanto. Assim, nossa semana recorda um dos seus últimos suspiros realmente criativos: o Timo Tolkki's Avalon. E ainda assim, nem tanto.

O Timo Tolkki's Avalon tentou ser um Avantasia mais focado nas guitarras, e o primeiro álbum - The Land of New Hope - até deu certo. Não tem o grude que une o Avantasia desde 2001, mas acertou boas músicas, dá pra ouvir todas pelo menos 1 vez cada e curtir. A perda de tempo mesmo é o Angels of the Apocalypse.

Mas... Falando do som que abre a semana: Enshrined in My Memory. Tudo nessa música é perfeito, sem erros. É o single dos sonhos de qualquer artista: duração boa, instrumental colante, letra bacana e um vocal na faixa. Porque eu já disse não faz muito tempo o quanto eu adoro a Elize Ryd, então dei um jeito cheater de trazer ela no Play de novo.

É uma pena o responsável por um dos álbuns que marcou meus 20 - e bem passados - anos tenha tido esse fim triste. O Infinite, do Stratovarius, é uma das melhores 'coisas' produzidas pelo heavy metal finlandês. Mas a lição que o caso Timo ensina é real: tem horas que você precisa parar. Não adianta querer continuar na base da teimosia, vendo que só tá saindo coisa feia, e fingir que tá tudo bem.

Ou você se reorganiza e volta por cima, ou fica em paz, sai do radar, e torce para ser lembrado pelas boas coisas, não pelas cagadas. E o Timo fez muitas, inclusive num dos meus projetos favoritos, o Allen-Lande. Entretanto, com Enshrined in My Memory ele fica perdoado.

(Não falei do motivo pelo qual eu adoro o vídeo, mas é uma perna de facilidade pra notar. Ou duas.)


Letra

Is in every step that I take from you
Is in every move that I make
Is it so much easier to lie?
Is it so much easier to fly?
Everything that I used to have
Is forever gone

You and I must rewrite this song
We chose some words that did not belong
Everything that we used to have is enshrined in my memory
I won't give in, won't give up the fight
I sail way from the darkest night
Into the future with what we had enshrined in my memory

Deeper and deeper my path is going
Breathing in the air for lasting lie
I bring all the good things from the past
Find a way of how to make them last
Everything that I once used to have
I will have again

You and I must rewrite this song
We chose some words that did not belong
Everything that we used to have is enshrined in my memory
I won't give in, won't give up the fight
I sail way from the darkest night
Into the future with what we had enshrined in my memory

You and I must rewrite this song
We chose some words that did not belong
Everything that we used to have is enshrined in my memory
I won't give in, won't give up the fight
I sail way from the darkest night
Into the future with what we had enshrined in my memory

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.