Header Ads

Trion Worlds anuncia demissões após ser comprada por outra empresa


Nesta segunda (22), outro estúdio entrou na onda das demissões em massa. Após anunciar a compra pela empresa alemã de jogos free-to-play Gamigo, a Trion Worlds, responsável por jogos como Trove, Rift e Archeage, deve demitir centenas de pessoas.

O comunicado oficial confirma que "houve uma transição envolvendo a Trion Worlds e seus jogos", resultando nas demissões. "Enquanto muitos nomes e rostos que você conheceu em nossos estúdios permanecerão nesta transição, outros não farão a mesma jornada", diz o texto. "A estes que estão nos deixando, somos eternamente gratos por seu trabalho incrível e contribuições ao longo dos anos."

Uma fonte disse ao Gamasutra que a Trion Worlds demitiu mais de 200 pessoas dos escritórios na Califórnia e Texas. O grupo sobrevivente seria de apenas 25 pessoas. Os jogos da Trion, por sua vez, permanecerão online "nas mãos capazes da Gamigo", o texto destaca. "Todos os envolvidos estão planejam fazer a transição da forma mais suave possível para vocês. Vamos revelar mais informações assim que pudermos."

Entretanto, o Polygon relata que os demitidos pela Trion tiveram suas indenizações pagas, diferente do ocorrido na demissão em massa após a falência da Telltale.

A Trion Worlds entra na lista de uma estatística estranha: os estúdios que promoveram demissões em massa este ano. Em setembro, mais de 500 pessoas ficaram sem trabalho por razões de fechamento ou redução de pessoal:

  • Carbine: 50 demissões
  • Capcom Vancouver: 158 demissões
  • Telltale: 250 demissões
  • Big Fish Games: 75 demissões

Com a compra da Trion, o que será do futuro para os players dos seus jogos? Em casos como Rift, há quem suspeite do fim do jogo. Poderia o Trove, um dos jogos favoritos da Pessoa que Vos Fala™, ver a chegada dos novos conteúdos prometidos recentemente? A esperança, ela é real oficial.

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.