Header Ads

Cinema: os 10 filmes mais assistidos de outubro, e os lançamentos de novembro


Outubro pode ser o mês das bruxas, mas foram 31 dias relativamente tranquilos para o cinema. Sem lançamentos estrondosamente aguardados, salvo um e outro caso, as travessuras na grande tela foram cortesia de um top 10 inusitado, liderado por um nome improvável... Mas ideal para data. Quer saber como foram as arrecadações? Vem comigo que a Pessoa que Vos Fala™, conta.

De quebra, vamos falar também do que vem por aí em novembro.

1) Venom


Nome original: Venom

Estreou no Brasil em: 4 de outubro
Bilheteria nos EUA: US$ 198,6 milhões
Bilheteria Global: US$ 541,5 milhões
Distribuição: Sony/Columbia
Duração: 1h 52 mins
Orçamento: US$ 100 milhões

Contrariando tudo e todos, o simbionte saiu-se muito melhor do que qualquer pessoa esperava. Talvez até mais do que a própria Sony contava! Com isso, Venom foi o grande filme de outubro, não dando a menor chance para a concorrência, que no geral foi fraca quando o assunto é lançamento do Cinema Nerd™.

Após o sucesso financeiro, mesmo com a recepção dividida, qual será é o futuro do Aranhaverso sem o Aranhiço? Quem sabe. Fala-se muito do Carnificina. Entretanto, não caia no dibre duas vezes. Por mais que prometam produzir a história de um dos personagens mais brabos do mundão nerd, não será o tal filme classificação R que muitos esperavam de Venom. "Carnificina só para Baixinhos"? Heh.



2) Nasce uma Estrela


Nome original: A Star Is Born

Estreou no Brasil em: 11 de outubro
Bilheteria nos EUA: US$ 165,6 milhões
Bilheteria Global: US$ 293,9 milhões
Distribuição: Warner Bros.
Duração: 2h 16 mins
Orçamento: US$ 36 milhões

Mesmo os Little Monsters tendo encrespado com Venom, Nasce uma Estrela terminou outubro como segundo filmes mais assistido. O que não é uma coisa ruim! Considerando tudo - orçamento modesto, história sem cheia de explosões e monstros, seria complicado encarar. O Cinema Nerd™ ganhou uma força muito grande na indústria.

Entretanto, antes de chegar nos cinemas, o filme já era amor entre o público e crítica. Foi aplaudido de pé em Cannes. Corre a conversa de Lady Gaga e Bradley Cooper serem fortes concorrentes em várias categorias, de várias premiações. O que seria bem legal. Cinema é uma coisa legal demais, e eu sou a favor da diversidade de gêneros sempre.



3) Halloween


Nome original: Halloween (2018)

Estreou no Brasil em: 25 de outubro
Bilheteria nos EUA: US$ 150,4 milhões
Bilheteria Global: US$ 229,6 milhões
Distribuição: Universal
Duração: 1h 49 mins
Orçamento: US$ 10 milhões

Qual a sua definição de sucesso? Mesmo que um filme seja elogiado pela crítica, sem fazer dinheiro no fim do dia ele é financeiramente um fracasso. Assim, por mais modesto que o lucro de Halloween possa parecer, na real é o indicativo de um projeto bem sucedido e de um bom investimento por parte do estúdio.

Tá certo que a nostalgia joga a favor do filme, trazendo de volta Michael Myers e Laurie Strode para acertarem as contas. Mas em terra de filmes de terror pecando pelo exagero e os clichês, a emoção de Um Lugar Silencioso, com a nostalgia e simplicidade de Halloween, são rainhas e reis.



4) Goosebumps 2: Halloween Assombrado


Nome original: Goosebumps 2: Haunted Halloween

Estreou no Brasil em: 11 de outubro
Bilheteria nos EUA: US$ 43,8 milhões
Bilheteria Global: US$ 82,4 milhões
Distribuição: Sony/Columbia
Duração: 1h 30 mins
Orçamento: US$ 35 milhões

Mesmo trazendo trama de Dia das Bruxas, e de ter sido lançado próximo da data, o filme não segurou a bomba. Entre os principais fatores que pesaram, a ausência de Jack Black, que cedeu seu carisma de costume a outro compromisso na grande tela - O Mistério do Relógio na Parede.

Ainda assim, a aposta em Goosebumps 2 não foi uma tragédia completa. O filme ajudou outubro a ter faturamento recorde no cinema, e ainda ajudou a empurrar, embora modestamente, a arrecadação da Sony em 2018 para US$ 1 bilhão.



5) O Primeiro Homem


Nome original: First Man

Estreou no Brasil em: 11 de outubro
Bilheteria nos EUA: US$ 42 milhões
Bilheteria Global: US$ 87 milhões
Distribuição: Universal
Duração: 2h 18 mins
Orçamento: US$ 59 milhões

Encerrando o top 5 dos filmes mais assistidos em outubro, mais um nome cuja história focou em algo menos sobrenatural, e mais pé no chão. Ou quase. O Primeiro Homem trouxe o sempre charmoso Ryan Gosling como Neil Armstrong, o astronauta que fez história com a jornada à lua em 1969. A mesma jornada que os conspiradores gostam de dizer que não aconteceu. Para não dizer que eu deixei uma curiosidade em forma de alfinete, vai outra: é mais um filme a manter a tradição de longas sobre histórias do espaço, lançado em outubro.



Fechando o top 10

6) O Ódio que Você Semeia (The Hate That U Give)
Estreia no Brasil em: 06/12/2018
Bilheteria Global: US$ 25,5 milhões

7) Maus Momentos no Hotel Royale (Bad times at the El Royale)
Estreia no Brasil em: 10/01/2019
Bilheteria Global: US$ 27,9 milhões

8) Fúria em Alto Mar (Hunter Killer)
Estreou no Brasil em: 25/10/2018
Bilheteria Global: US$ 12,9 milhões

9) The Old Man & the Gun (Old Man & the Gun)
Estreia no Brasil em: sem data
Bilheteria Global: US$ 9,1 milhões

10) Mid90s (Mid90s)
Estreou no Brasil em: sem data (lançamento limitado aos EUA e Canadá)
Bilheteria Global: US$ 5,8 milhões


Lançamentos de novembro


Depois de girarmos pelos milhões que o cinema pôs na conta em outubro, vamos falar dos lucros que a indústria terá em novembro! E da sua falência, afinal, com mais um ano de tantos lançamentos, se, ou como a sua carteira sobreviveu, mistério define.

Pegue papel, caneta, o calendário da parede, ou o aplicativo do Google Agenda. Sério, esse app é um mundo de útil. Lembrando que surgindo outras datas, iremos atualizar o texto:

Estrearam em 1 de novembro

Próximas estreias

8 de novembro
  • Millennium: A Garota Na Teia Da Aranha
  • O Grinch
  • Operação Overlord

15 de novembro
  • Animais Fantásticos: Os Crimes De Grindelwald

21 de novembro
  • O segredo de Davi

22 de novembro
  • Parque do Inferno

29 de novembro
  • Robin Hood: A Origem

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.