Header Ads

Netflix: análise sugere que séries da Marvel perderam audiência ao longo dos anos


São tempos sombrios para Marvel na Netflix. Thanos parece ter entrado para o time de executivos, pois após o cancelamento de Defensores, Punho de Ferro e Luke Cage encontraram a foice. Com o lançamento da terceira temporada de Demolidor há não muito tempo, todos começam a pensar sobre o futuro de Matt Murdock.. Se depender do novo rumor, ele pode não ser muito bom.

Não existe palavra oficial sobre o que será do Homem Sem Medo, mas uma ampla análise do Screen Rant em parceria com a Jumpshot revela que todas as séries da tivera queda de audiência ao longo dos anos. A Jumpshot é uma empresa que monitora "cinco bilhões de ações através de 100 milhões de dispositivos para entregar informações sobre o comportamento do consumidor online", vale dizer.

Para compilar as informações do Netflix Originals, foi considerada a atividade do público americano. E no tocante à Marvel, os resultados não foram legais.

Entendendo a treta


No site você pode ver a análise completa, que é longa. Em resumo, foi encontrado um padrão entre cada temporada das séries do MCU desde a segunda de Demolidor. Foi aí onde a queda realmente começou. Apenas a terceira temporada da série, com a primeira temporada de Justiceiro, fugiram da regra. Nos outros casos, cada temporada lançada teve menos espectadores que a anterior.

Outro insight interessante que a Jumpshot forneceu, é a performance das séries na primeira semana de lançamento. Trocando em miúdos, se todos que assistiram a segunda temporada de Demolidor, e a segunda de Punho de Ferro, seguissem a bordo, só 29% dos expectadores ainda estariam assistindo as séries da Marvel.

Onde isso deixa um dos poucos materiais que a Casa das Ideias deixou com a Netflix? Não na melhor das condições. Mesmo com tantos elogios, a terceira temporada de Demolidor teve performance pior que a segunda, pois não conseguiu trazer muitos fãs de volta.

E aí entram as séries da "Netflix da Disney?"


Com um cenário desses, poderia o futuro das séries da Marvel estar no novo serviço de streaming da Disney? Corre a conversa de que teremos séries dedicadas a personagens do MCU, entre eles Loki, Feiticeira Escarlate e mais recentemente, Falcão e Soldado Invernal.

É dito que Kevin Feige está "fortemente envolvido" no projeto. Falando sem falar, o pai do MCU deu uma perspectiva muito interessante do que pode vir por aí.

"Vamos contar histórias que não poderíamos contar no cinema - uma forma longa de narrativa, é o que os quadrinhos são. Entretanto, manteremos a experiência cinematográfica, que é o nosso forte", completou ele. Assim, quem achava ser um caso de "séries para personagens que não merecem um filme", nos enganamos. É na verdade o caso de histórias que precisam ser contadas fora dos limites de um filme de duas horas. Um acerto e tanto.

A ideia é ambiciosa. Se confirmada a informação, os envolvidos tem peso de ouro: Tom Hiddlestom, Elizabeth Olsen, Sebastian Stan, Anthony Mack e potencialmente, Paul Bettany. Com esse panorama, a menos que a segunda temporada de Justiceiro, e a terceira de Jessica Jones façam sua mágica, o futuro do MCU na pequena tela pode ficar um tanto comprometido.

Via WGTC e CBM

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.