Header Ads

Novidades para Rainbow Six Siege são anunciadas nas finais da Pro League, no Rio de Janeiro


Operation Wind Bastion foi revelada no domingo, antes da final que consagrou a G2 Esports como campeã do torneio. Dezenas de milhares de pessoas passaram pela Jeneusse Arena nos dias 17 e 18 de novembro.



As finais da Rainbow Six Pro League aconteceram no último fim de semana, na Jeneusse Arena, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, e trouxeram novidades para os fãs do jogo. Além de assistirem de perto o título conquistado pela G2 Esports sobre a FaZe Clan, o público pode acompanhar em primeira mão detalhes sobre a Operation Wind Bastion, que revelou novas atualizações do jogo.

Entre as maiores novidades estão o anúncio de novos uniformes do Programa Piloto e dois novos operadores de defesa e ataque do jogo: Kaid e Nomad, respectivamente, além do mapa Fortaleza, novo cenário de disputa.

O Programa Piloto foi anunciado em junho e consiste no compartilhamento de receitas com base em itens específicos dentro do Rainbow Six Siege. O programa proporciona às organizações receitas adicionais diretamente do jogo para ajudar a promover um ambiente mais estável e profissional. No geral, 30% da receita líquida dos itens selecionados são redistribuídos para as equipes que integram o projeto (PENTA Sports, Team Vitality, Evil Geniuses, Rogue, SK Gaming, mousesports, FaZe Clan, Team Liquid, Ninjas in Pyjamas, Immortals e Fnatic).

Outra mudança revelada foi o número de rounds das partidas na temporada regular da Pro League. Agora, serão no máximo 12 disputados, sendo seis no ataque e seis na defesa. A equipe precisa fazer sete pontos para vencer. As finais de temporada continuam sendo MD3 (melhor de três mapas), com possibilidade de prorrogação (overtime).

O Rio de Janeiro foi palco para outras revelações: a data, local e premiação mínima do Six Invitational. A competição acontecerá em Montreal, no Canadá, em fevereiro, e terá como prêmio mínimo 1 milhão de dólares.

Os anúncios foram feitos diante da Jeneusse Arena lotada, antes da grande decisão da oitava temporada da Pro League. O fim de semana intenso de disputas colocou oito equipes em busca do título e da premiação total de 275 mil dólares.

Evil Geniuses e Rogue (EUA), G2 Esports e Mock-it (Europa), Nora-Rengo e Fnatic (Ásia-Pacífico) e FaZe Clan e Immortals, representantes brasileiras, se destacaram nas etapas regionais e foram ao Rio e Janeiro em busca do troféu.

Enquanto a Immortals foi eliminada nas quartas de final, a FaZe chegou à grande decisão, mas perdeu por 2 a 0 para a G2 e viu o título escapar.

Com o resultado, a G2, antiga PENTA Sports, ficou com seu primeiro título da Rainbow Six Pro League (a antiga Penta já havia conquistado três), totalizando três grandes títulos no ano para a lineup: Six Invitational, Six Major e Pro League. A final da última edição da Rainbow Six Pro League havia acontecido em maio, em Atlantic City (EUA) , e teve como vencedora a brasileira Team Liquid.

Após pausa de duas semanas, as equipes brasileiras voltam a jogar pelo Brasileirão Rainbow Six, no dia 9 de dezembro, pela continuação da quarta rodada.

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.