Header Ads

 

Doctor Who: 11 perguntas deixadas pelo season finale da temporada 11


No último domingo (9) fechamos a temporada 11 de Doctor Who, e ela trouxe de volta o primeiro vilão da temporada - Tzim-Sha, o comandante dos Stenza que a Doutora insiste em chamar de "Tim Shaw". Mas foi um encontro que levou a ainda mais perguntas.

Mais de 3 mil anos se passaram desde que Tim Shaw trombou com a Doutora e seus amigos, e sua mente se fragmentou ao longo do tempo. Ele se tornou um megalomaníaco, procurando destruir todos os opositores dos Stenza. O detalhe? O episódio deixa sutilmente no ar que o Império Stenza caiu há tempos.

Foi uma aventura e tanto para o novo showrunner Chris Chibnall. O que dizer de Jodie Whittaker?

Desafiando o retrospecto, ela se tornou a primeira mulher a viver o papel principal. Com um trio de amigos interessante, e o tema central de "família", a temporada 11 promoveu discussões atuais como racismo, violência e corporativismo. E de muitos momentos inusitados. O resultado? Sucesso de audiência.

O season finale não fugiu dessa regra: "The Battle of Ranskoor Av Kolos" foi um nome inusitado, dado em referência ao mundo destruído onde a TARDIS chegou em típico estilo Doctor Who: depois que a batalha terminou. Com isso, a Doutora e seus amigos tiveram que lidar com os resultados da guerra, e salvar a Terra da sua extinção. Vamos então girar pelas perguntas que ficaram?


11- Quem são os Ux?


Doctor Who introduziu uma nova raça alienígena - os Ux. Os Ux são únicos, pois podem reestruturar a própria realidade usando a força de vontade, e só são encontrados em três planetas no universo, com apenas dois existindo ao mesmo tempo. Neste caso, eles podem concentrar seu poder e abrir buracos no espaço-tempo. O poder dos Ux somado à tecnologia dos Stenza é capaz de comprimir mundos inteiros em cristais de estase... Um ato de genocídio planetário.

10- Por que os Ux têm tanto poder?


Uma pergunta importante sem resposta, é como os Ux tem tais poderes. Ao que tudo indica, o planeta de Ranskoor Av Kolos é um turbilhão de energia psíquica, e os Ux teriam evoluído para um estado de sinergia com o planeta, tornando-se capazes de explorar o poder dessa combinação. A fé dos Ux parece envolver o uso periódico dos poderes para reestruturar a superfície do planeta, o que talvez agitaria o turbilhão ainda mais.


9- Como Tim Shaw chegou em Ranskoor Av Kilos?


Tim Shaw foi apresentado como vilão de "The Woman Who Fell to Earth", a estreia da temporada 11 de Doctor Who. Ele veio à Terra para caçar um humano aleatório e mostrar-se digno de comandar os Stenza. Obviamente a Doutora não gostou da ideia de usar o planeta como campo de caça.

Quando o episódio terminou, um Tim Shaw, gravemente ferido teleportou-se para longe, assim que bombas de DNA explodiram em seu corpo. Parece que a energia liberada pelas bombas impulsionou o teletransporte, e ele foi parar ainda mais longe - talvez atraído para Ranskoor Av Kilos por conta das distorções da realidade.

8- Por que os Ux acharam que Tim Shaw era seu criador?


A religião Ux aparentemente fala de um tempo em que sua divindade, o Criador, retornará a eles. A materialização de Tim Shaw parece ter correspondido às profecias, e Shaw conseguiu convencer os Ux de que ele era o aguardado deus. Vale registrar que o Ux mais jovem e menos piedoso foi contido - sugerindo que duvidava de Tim Shaw, mas foi dominado.

7- Como Tim Shaw recriou tanta tecnologia dos Stenza?


O final da temporada 11 de Doctor Who revelou um novo detalhe sobre os Stenza: eles possuem uma mente coletiva. Existem indícios sutis de que os Stenza não têm capacidade natural de inovar, talvez explicando por que forçaram a população de Desolation a criar armas para eles em "The Ghost Monument". Importante: Tim Shaw não desenvolveu a tecnologia nos 3.407 anos que passou em Ranskoor Av Kolos - os Sniper Bots são idênticos aos vistos em "The Ghost Monument".

6- O que é um balanceador neural?


O balanceador neural parece ser um dispositivo que regula as ondas cerebrais, ajudando a proteger contra a interferência psíquica. É algo que faz sentido a Doutora ter com ela, pois episódios anteriores mostraram que os circuitos telepáticos da TARDIS podem apresentar mau funcionamento ocasional.

O melhor exemplo veio em "The Edge of Destruction", que introduziu pela primeira vez a ideia dos circuitos telepáticos e viu a tripulação da TARDIS se voltar uns contra os outros, levada a ataques de paranoia. Depois de alguns desses incidentes, a Doutora -prevenida como toda mulher- não ficaria sem algo como os balanceadores neurais.


5- Quem inventou as botas "Wellies"?


A Doutora adora conversar casualmente, e desta vez ela sugere aleatoriamente que "inventou" a bota Wellington. Na realidade, a boa Wellington (ou "Wellie") foi criada no século XVIII quando o Duque de Wellington instruiu seu sapateiro, Hoby de St. James's Street, em Londres, a adaptar a bota tradicional de Hesse. Por ser uma figura política popular e um célebre líder de guerra, o novo calçado do Duque de Wellington virou a nova moda.

4- O que é o Conselho dos Nove Planetas?


O Conselho dos Nove planetas respondeu a destruição de cinco mundos com uma mostra de força - uma que se mostrou sem sucesso, pois foi destruída pelos Ux. O season finale de Doctor Who não explicou o que esse Conselho é, mas deu chance para ligarmos os pontos.

Quando Tim Shaw apareceu pela primeira vez em "The Woman Who Fell on Earth", declarou que os Stenza eram os "Conquistadores dos Nove Sistemas". Pelo visto as políticas galáticas mudaram nos quase 3,5 mil anos que Tim Shaw passou preso em Ranskoor Av Kolos... E o Império Stenza deu lugar a uma aliança entre os mundos antes conquistados por eles. Talvez por isso a Doutora não se importou em fazer uma visita ao Stenza: ela descobriu que seu império estava condenado.

3- Referências à David Tennant e Christopher Eccleston


No season finale da temporada 11, a Doutora usou a TARDIS para outro feito incrível. Ela combinou a tecnologia do Senhor do Tempo com a ciência dos Stenza e o poder dos Ux. Com isso ela "dividiu o campo de desmaterialização" para usar o TARDIS e transportar os cinco mundos destruídos de volta aos seus lugares no espaço-tempo.

Insistindo que este plano improvável funcionaria, ela se gaba: "Eu uma vez puxei seu planeta por metade do universo com a TARDIS, e transformei um Slitheen de volta em ovo." Sabia que não foi de graça? Esse diálogo tem referências ao episódio de David Tennant "Journey's End", e ao episódio de Christopher Eccleston "Boom Town".

2- A visão da Doutora sobre fé


O último episódio introduziu o Solitract, um ser poderoso que parecia ser um mito de criação Gallifreyan. Em "The Battle of Ranskoor Av Kolos", a Doutora finalmente dá sua opinião sobre religião - e ela é fascinante. "Nenhum de nós sabe ao certo o que está por aí", ela diz aos Ux. "É por isso que continuamos procurando. Mantenha sua fé. Viaje esperançosamente. O universo irá surpreendê-lo. Constantemente." Tudo indica que a Doutora é mais agnóstica que ateia.

1- O que é uma Criança Atemporal?


A Batalha de Ranskoor Av Kolos" encerra a temporada 11 de Doctor Who numa boa nota. Mas ele deixa uma pergunta importante sem resposta: o que é a "Criança Atemporal"? Em "The Ghost Monument" a Doutora é atacada por criaturas psíquicas - os Remanescentes (Remnants).

Eles conseguem entrar na sua mente e extraem um medo que ela havia enterrado profundamente em si mesma, algo que foi chamado de "Criança Atemporal". Essa referência ainda precisa ser explicada. A resposta virá no Especial de Ano Novo, ou na temporada 12 de Doctor Who? Quem viver, verá.

Lista traduzida e adaptada do Screen Rant

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.