Alegria! Histeria! Na terça (11) foi exibida a parte final de "Elseworlds", mas o CW ainda tinha uma última surpresa para os fãs, e ela foi grande. Ao fim do episódio foi exibido o trailer do crossover de 2019, e ele será nada menos que a Crise nas Infinitas Terras.

Confira:


A história original da Crise


Crise nas Infinitas Terras foi o primeiro crossover de grande escala da DC Comics. Lançado em 1986, ele serviu como reboot da continuidade dos quadrinhos da empresa pela primeira vez, e foi publicado em 12 edições. A história viu a reunião dos heróis pelo Monitor para encarar o Anti-Monitor, uma força destrutiva cujo domínio era o Universo de Antimatéria.


O evento envolveu todos os heróis do Universo DC, incluindo personagens que vieram para empresa por meio da compra de outras editoras, e que não haviam sido integrados ao DCU até então. Como resultado, o multiverso da DC tornou-se um universo único de história simplificada. Assim surgiram heróis variantes de múltiplas Terras dentro da mesma continuidade compartilhada.

(É meio complicado, mas em resumo é basicamente isso)

O (próximo) crossover do Arrowverse


A expectativa é do Crossover da Crise™ ser exibido em novembro ou início de dezembro de 2019, data na qual tem acontecido a grande reunião do Arrowverse. Ausentes de "Elseworlds", com um crossover envolvendo uma bagunça temporal de níveis catastróficos, crescem as chances de Legends of Tomorrow voltar a participar da loucura.


Vale registrar: a data é muito anterior a original -2024- que tem sido sugerida há anos. No piloto de The Flash, a série indicou a aparente morte de Barry Allen em "Crise nas Infinitas Terras". Um jornal tem aparecido aqui e ali falando sobre o sumiço do herói, história que foi resgatada quando sua filha -Nora- viajou do futuro para "conhecer" o pai, uma vez que ele esteve ausente durante toda vida dela.

Não é que o trailer de "Elseworlds" falou de "uma crise estar chegando", e ela chegou mesmo?

Perguntado se sabia como e quando ele pretendia responder as várias dicas deixadas pelo caminho, o showrunner de The Flash, Todd Helbing, sorriu e disse: "Sim. Mas é tudo que eu posso dizer." 

Elaborando melhor, ele disse, "Greg [Berlanti] tem um tipo de grande plano das coisas, e eu estou realmente animado em como isso valerá a pena."

Já o ator Grant Gustin sugeriu -como tem feito por anos- que o plano ainda é realizar o crossover em 2024, assim a linha do tempo dos episódios coincidira com os eventos da história. No episódio piloto da série, a data do jornal diz abril de 2024.

Falando um pouco mais da ideia ao ComicBook, Gustin disse:

É realmente gratificante [ver algumas das coisas de 'Crise' acontecerem]. Espero que possamos ficar por aqui tempo o suficiente para ver o que está acontecendo com esse artigo de jornal. Teríamos que fazer mais quatro temporadas, mais cinco temporadas. Isso é legal, entretanto. Parece que foi conquistado.

Spoiler: nos Quadrinhos da Crise™, Barry Allen morre enquanto sabota o canhão de antimatéria do Anti-Monitor, acelerando no tempo de forma que ele rapidamente envelhece e vira pó (que referência infame...) enquanto experimenta seu passado. Após o sacrifício, Wally West assume o traje do Flash por mais de 20 anos.

O Monitor, parte menos ruim do Anti-Monitor, esteve em "Elseworlds". Vivido por LaMonica Garrett, o personagem declara que "está preparando o universo para uma crise que virá".

Por sua vez, o Pirata Psíquico é visto no trailer dizendo uma frase interessante: "Mundos irão viver, mundos irão morrer, e nada mais será igual". O que tem a frase? Ela foi o slogan do evento de Crise nas Infinitas Terras.

Então alegria! Histeria! Enquanto o Crossover da Crise™ não vem, anote na agenda: "Elseworlds" será transmitido no Brasil pelo Canal Warner no próximo domingo, 16 de dezembro, às 22h50. Os três episódios serão exibidos em sequência, como um filme. Prepare a pipoca.

Via CB