Header Ads

Review: Turma da Mônica e a Guarda dos Coelhos

Depois de termos conferido na Brasil Game Show 2018 eis que finalmente Turma da Mônica e a Guarda dos Coelhos chega aos consoles e PC. O jogo não mudou muitas coisas desde a BGS, contudo, agora sabemos alguns detalhes e vamos recordar o funcionamento do jogo.



Universo expandido da Mônica

Uma das novidades que temos quando jogamos a versão final é poder conferir sua abertura, e assim, entender o enredo que nos leva a comandar a Turma do Limoeiro a realizar a defesa de um castelo contra pequeninos, e alguns grandes, seres de sujeira.

Mostrando que a Mad Mimic sabia onde está se envolvendo ao abraçar a ideia de criar um jogo da Turma da Mônica, a história começa com uma estrela encontrando a Mônica e a identifica como a escolhida por ela possuir o Sansão.


A Estrela conta sobre o Deus Coelho e os escolhidos para a Guarda do Coelho, e estes bravos heróis, retornam após sua missão no Castelo do Dragão. Se isso não te chamou a atenção ou parece apenas um detalhe singelo, provavelmente você não teve infância na década de 1990 ou nunca teve curiosidade dos jovens em descobrir sobre as aventuras fora dos quadrinhos envolvendo a turminha.

Mônica no Castelo do Dragão foi uma modificação oficial e autorizada em cima do jogo Wonder Boy in Monster Land. No enredo a turma encara o exército do Capitão Feio, que apenas pertence ao plot, em um mundo mágico. O jogo ainda viria ganhar uma adaptação em quadrinho "Mônica contra o terrível exército do Capitão Feio". Maurício de Sousa consegue mais um braço no seu universo compartilhado enquanto uma gigante de fora não consegue conectar dois filmes...

Protegendo o castelo

Voltando ao momento atual a Guarda do Coelho deverá proteger o castelo pois ele está abrigando a estátua do Deus Coelho que se acredita ser o próprio Deus para retornar em sua forma normal (isso me lembrou outra produção nacional com deusa petrificada).

Teremos a nossa disposição 21 heróis, contudo, começamos com o quarteto famoso disponíveis e conforme vamos avançando nas fases, ganhamos "chaves" para liberar novos personagens. Logo de cara sabemos os 20 personagens disponíveis e eu estou me segurando muito para não fazer piadas relacionadas ao clássico "P#rr@, Maurício" deve o grande elenco.

Sempre limpe o canhão após o disparo
Temos um personagem secreto que é... ora jogue para descobrir. A defesa do castelo é realizado nos dois lados da tela com o prédio ficando no centro da tela. Criaremos dois itens para utilizarmos os canhões de proteção que são criar a pólvora e a munição coelho.

Ao todo são três tipos de coelhos: Sansão, Dalila e Hércules. O uso de cada um é para determinada situação pois o Sansão dá dano para derrotar os inimigos; Dalila causa efeito de lentidão nos inimigos sujeiras e o Hércules causa paralisia momentânea.

Um jogo para a turma

Apesar do jogo permitir se aventurar sozinho controlando dois personagens em tela a verdadeira diversão de Turma da Mônica e a Guarda do Coelho é jogando com um amigo ou fechar o grupo com até quatro jogadores simultaneamente.

A defesa do castelo pode ficar muito mais eficaz ou criar um belo caos caso a comunicação do grupo seja tão boa quanto o Cascão entendendo os planos infalíveis do Cebolinha para ser dono da lua. Jogue com ajuda e sinta como o jogo fica ainda melhor.

O jogo pode te enganar a principio pelo visual fofinho em pixelart, contudo, ele possuí um desafio muito bom tanto para as crianças jogarem, e brigarem, como unir pais e filhos no video game. Mesmo sendo bonitinho o jogo possuí um bom desafio e é um jogo recomendado com certeza.

Mônica e a Guarda dos Coelhos

Produtoras: Mad Mimic e Mauricio de Sousa Produções
Desenvolvedor: Mad Mimic
Publicadoras: Mad Mimic
Gênero: Party Game, Couch Co-Op, Plataforma 2D
Plataformas: PC, Mac, Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch
Lançamento: 05 de dezembro de 2018
Versão utilizada no review: PC

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.