Header Ads

 

Review: Homem-Aranha no Aranhaverso (2018)

O Homem-Aranha vem resgatando seu respeito e aparições nos últimos anos e a animação ousada de "Homem-Aranha no Aranhaverso" faz o ano começar muito bom para amantes do herói e de animações. Com visual interessante, vemos o choque de seis Aranhas para salvar o mundo. Vamos entender melhor.

Um novo Homem-Aranha

Peter Parker segue sua vida de amigo da vizinhança firme e forte e um dos seus admiradores é Miles Morales. O jovem ganha uma bolsa de estudo na super escola Visions onde não se sente tão confortável. Um dia em uma aventura com seu tio para expressar sua arte no muro, acaba sendo mordido por uma Aranha radiotiva e sua vida começa a mudar.

Miles começa a descobrir as mudanças no seu corpo e se dá conta que está igual ao Homem-Aranha e reforça isso ao ver seus quadrinhos do herói. O que provavelmente ele não esperava era assumir uma responsabilidade parecida ao ganhar poderes de Aranha.

O choque do Aranhaverso

O Rei do Crime movido por uma motivação extremamente pessoal constrói uma máquina capaz de mexer com o Tempo e Espaço e assim acabou gerando um impacto tão forte que atingiu mais cinco dimensões. Ai começa a bagunça no nosso mundo.

Com o sucesso da sua máquina, parcialmente, Miles acaba conhecendo novos amigos para realizar a missão de restaurar os universos com Peter Parker do ano de 1933 sendo o Homem-Aranha Noir e que vivia dando tapa na cara de nazista com responsabilidade; Spider-Gwen que se nomeia a primeira Mulher-Aranha (se não pensarmos na Jessica Drew, mas fica para outro post) e possuí um dos visuais mais legais dos trajes variados do Aranha; Peni Parker que vem extremamente do futuro diretamente do Japão e possuí um robô para cuidar da aranha do seu pai; Porco-Aranha ou o Peter Porker, um porquinho que faz o "Homem-Aranha do Mundo da Fantasia versão porco".


Um dream team do Aranhaverso sem dúvidas. O filme usa características visuais e do comportamento para reforçar as diferenças de cada herói, e assim, temos o Noir que além de ser preto e branco o mundo na visão dele é também desse jeito (tanto que existe uma piada muito bem feita com isso e um objeto multicolorido); Peter Porker tem seu traço bem de cartoon e pegada do "Gaguinhho"; Peni Parker vem com seu visual literalmente de anime contrastando com todos e principalmente com Miles, Peter e Gwen que são visual da animação.

Animação ousada

O visual do filme foi algo que pelos trailers não havia notado, além dele ser muito bem feito para o 3D, sendo o longa praticamente um quadrinho animado. Até hachuras e texturas são vistas no visual dos cenários e dos personagens.

Elementos de diversas obras do Aranha estão presentes e principalmente para reforçar os momentos de humor. Desde os balões de informações, onomatopeias e participações especiais. Também estão presentes itens que nos fazem lembrar de algumas séries animadas clássica do Aranha.

Uma animação que é obrigação

A Marvel é famosa por ter acertado muito bem seu universo live action, porém, não mandava tão bem quando o assunto eram suas animações. Existem bons longas mas eles não costumam deixar aquele "wow" gigante em diversos aspectos, diferente do que vemos no trato da DC com suas animações.

Homem-Aranha no Aranhaverso é mais do que obrigação para os fãs do cabeça de teia, para os fãs de Miles. Todo fã de super-herói pode e deve assistir sem medo a animação e vá preparado pois o aspecto emocional ele mexe forte. Não foram poucos os momentos que pensei "não vejo animação pra chorar" risos. A dublagem dispensa comentários e com Manolo Rey a cargo da direção, ele que faz a voz do Aranha nos desenhos e fez as versões adultas do filme, escalou e dirigiu muito bem o trabalho.

E lembrete: tem cena depois dos créditos finais e ela me empolgou.

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.