Graças a uma nova atualização, os jogos mobile da Sega ficaram ainda melhores. Depois de ter em seu catálogo o primeiro Golden Axe, a coletânea Sega Forever agora tem toda trilogia medieval, sob o título de Golden Axe Classics.


GOLDEN AXE: O COMEÇO DE TUDO

Lançado em 1989 para System 16-B, e depois adaptado para Mega Drive e Master System, o jogo se passa na terra fictícia de Yuria, onde o rei e sua filha foram sequestrados pelo vilão Death Adder. Ele encontra também o Golden Axe, um machado mágico que é símbolo de Yuria. Death Adder utiliza a arma para forçar todos a aceitarem ele como seu novo líder.

Eis que entram em cena os heróis, todos buscando vingança por alguém querido - e morto por Death Adder. Ax Battler é o guerreiro que perdeu a mãe, Gillius Thunderhead é o duende que perdeu o irmão gêmeo e Tyris Flare é amazona que perdeu o pais.

GOLDEN AXE 2: E LÁ VAMOS NÓS (DE NOVO)

A sequência veio em dobro. Golden Axe 2 foi lançado para Mega Drive em 1991, e Golden Axe: The Revenge of Death Adder, para fliperamas em 1992. Focando na versão console, ela traz de volta o trio do primeiro jogo, que dessa vez deve salvar o mundo das forças do clã maligno liderado por Dark Guild. E recuperar o Golden Axe, que está com ele. 

GOLDEN AXE 3: TUDO NOVO (MAIS OU MENOS)

Em 1993 o Mega Drive recebeu o terceiro jogo da série principal, e tudo mudou. Agora o inimigo é outro: Damud Hellstrike, Príncipe das Trevas, conseguiu o Golden Axe e amaldiçoou vários heróis. Entretanto, um deles tem a maldição revertida, e assume a missão de ajudar seus colegas heroicos, derrotar o vilão e devolver o machado da discórdia a um local seguro.

O trio de Golden Axe 3 é novo, e não é novo. Kain Grinder é um guerreiro cujo visual se assemelha ao de Ax, enquanto a guerreira Sahra Burn remete a Tyris Flare. Gillius Thunderhead é o único que retorna dos outros jogos.

Gostou? Sentiu uma lágrima de nostalgia cair do rosto? Corre na Google Play e faça o download de Golden Axe Classics. Ou então na App Store, se o seu celular for iOS.