Header Ads

 

Vale a pena ler de novo: resumo da semana 10/02 a 16/02


Um som pra gente curtir: Avantasia - Moonglow

Eae você, a quantas vamos? Espero que bem, pois como o pessoal tem dito e não é mentira, não está sendo fácil viver em 2019. É tanta coisa doida acontecendo, que não é doida do tipo legal, que você fica meio sem chão, né. Faz a gente questionar a vida do fundo do coração nerd-amargurado. Ainda bem que as nerdices sempre estão ao nosso lado, seja para alegrar no dia bom ou fazer um carinho no coração quando é preciso.

Por falarem coração, hoje não vamos dividir as pitangas num assunto específico. É um tipo de retrô que eu adoro fazer, honestamente. Entretanto, às vezes passam uns assuntos que a gente não falar por aqui nas notícias, mas eu pesco eles pra gente comentar na retrô. Dessa vez foram temas difíceis de ignorar, porque é um elefante branco atrás do outro, de tanta absurdice

Então vem comigo que hoje a retrô é especial, pois a retrô está pistola. A Pessoa que Vos Fala™™ não tá muito feliz e ela pode provar.

A ACTIVISION NÃO SABE O QUE QUER COM CALL OF DUTY


O próximo Call of Duty vem aí. Não que seja surpresa, mas taí, eu disse. Dessa vez ele fica por conta da Infinity Ward e virá com uma campanha, algo que não teve em Black Ops 4. A campanha de BO4, por sua vez, ficou ausente porque dados diziam que os jogadores não jogam a campanha tanto assim. Tá difícil de se encontrar, Activision?

Ainda sobre BO4, Segundo a Activision, o jogo não atendeu as expectativas. O jogo quebrou vários recordes de venda, e mesmo assim a empresa esperava mais. Esperava o quê, dinheiro de Fortnite? Apex Legends? Daqui a pouco vira Warner Bros.: não sabem que rumo dar à própria franquia, e ainda querem espiar no quintal do vizinho. Se até Assassin's Creed (parece que) tomou vergonha na cara com o Odyssey, todo mundo consegue.

Me contrata que eu ajudo, eu fiz o primário.

A COISA BOA E O PROBLEMA DOS MOBAS


Antes eu odiava os mobas, mas hoje eu até gosto. Os jogos online não, esses eu odeio todos, tirando o Trove. E para reforçar o meu amor por odiar os multiplayer, no sábado (16) começou a LCL, a liga russa de League of Legends. A Vaevictis Esports estreou seu elenco feminino. Legal, né? Não, não foi.

Na hora de escolher e banir personagens, o time da ROX baniu cinco suportes. O detalhe? Rola um estigma na comunidade de LoL que "mulher só joga de suporte". Em Arena of Valor é bem parecido, e não espanta que a Riot, desenvolvedora do LoL, seja da Tencent, desenvolvedora do AoV. Curioso, certo?

Em Arena of Valor eu já joguei um pouco com cada classe. Não sou profissional e nem quero ser, eu quero me divertir, tentando não passar tanta vergonha. Entretanto, os xingamentos são certos se você for de suporte ou tanque, ou for um guerreiro que "não faz o serviço". Na real, te xingam se você for de qualquer classe.

"Ain, mas xingamento faz parte do jogo, para de choro". Xingar no jogo online acontece, mas daí ser normal, não deveria. Piora porque os jogos online têm sistemas de punições muito fracos, o de Arena of Valor um dos piores. Só jogador AFK é punido, pois se pelo menos isso não tiver, é a prova real de que é um sistema ruim, que incentiva o comportamento tóxico.

Eu denuncio tudo, mas só recebo a mensagem florida "agradecendo a denúncia, pois o meu feedback é muito importante para o jogo, ou o diabo que seja. Desanima.

O LIVE-ACTION DE YOUR NAME SEM JAPONESES


Eu gosto do live-action de Ghost in the Shell, mesmo o diretor sendo o porquinho que fez Branca de Neve e o Caçador. E da mesma Hollywood que nos deu Dragon Ball Evolution e Death Note, vem aí o live-action de Kimi no Na wa., o sucesso Your Name sem um elenco japonês.

Na prática, ao invés de um garoto e garota japoneses trocarem de corpos magicamente, que é a ideia do filme, será uma jovem nativo-americana e um garoto de Chicago. Tá sentindo o cheiro de "não vai dar certo"? Eu sim. O diretor será Marc Webb, responsável pelos filmes de O Espetacular Homem-Aranha, e 500 Dias com Ela.

Segundo o roteirista Eric Heisserer, quem detém os direitos de adaptação pediu para ser uma versão ocidentalizada. Se fosse para ser japonesa, "eles mesmo fariam". 

Fico feliz que Alita: Anjo de Batalha esteja agradando. Os live-action de anime merecem. Sobre o Your Name americano, é do mesmo roteirista de Bird Box, o que faz a gente levantar umas orelhas... Mas será que vai ter fôlego pra ser um projeto realmente relevante? Eu tenho uma baita dificuldade em acreditar nisso.

TÁ DIFÍCIL ACREDITAR NO FILME DA VIÚVA NEGRA


Saiu a notícia de que Ned Benson, roteirista de Dois Lados do Amor, foi convocado para reescrever o roteiro do filme da russa. Ironia, porque eu nem acredito que ele vai mesmo acontecer. Inclusive, as informações sobre esse filme tem pingado aqui e ali, mas depois de anos sendo feita de otária, fica difícil convencer a pessoa do contrário.

Resumindo a longa história: Dois Lados do Amor é uma série de três filmes. Sneider impressionou os executivos da Marvel principalmente por Her, a parte protagonizada por Jessica Chastain. "O papo" é de que acharam o sujeito ideal para contar a história de origem inédita da ruiva. Ou loira.

Olhando assim, é uma combinação que parece muito errada. Um cara que fez um drama, num filme de espião. Mas vale lembrar que os irmãos Russo vieram de um background de humor, e fizeram o que fizeram. Então eu só vou acreditar que esse filme é real quando estiver vendo no cinema, ou se ao menos uma foto de set passar pelos meus olhos tietes. Até lá, todos são culpados e nada aconteceu.

DO SITE

LANÇAMENTOS
CINEMA

JOGOS

JOGOS DE LUTA

ESPORTS

MOBILE

TV E STREAMING

TECNOLOGIA

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.