O final do episódio 2 da oitava temporada de Game of Thrones junto com a prévia já nos dizia "VAI DAR MERDA POUHA" pois tudo se encaminhou para a tão aguardada guerra entre o Norte e os mortos sob o comando do Rei da Noite. Com uma hora e meia de duração, o episódio 3 nos deus diversas emoções e muitas batalhas, como esperado.



Diferente dos outros posts, este terá bem menos imagens e vamos falar por alto da narrativa, pois, todo episódio de guerras qualquer detalhe a mais, já gera um spoiler. E sobre spoilers. eu não serei como meus amigos e "amigos" que soltaram duas palavras no Facebook e acabaram com minha experiência, já que tive de ver a reprise...

Pois bem, Winterfell se preparou para esse momento o melhor que pode. Reunindo os exércitos vivo do Norte, os de Daenerys Targarien, o povo livre que sobreviveu, o que sobrou da Patrulha da Noite, os selvagens e outros, uma grande proteção foi criada para todas as etapas que a batalha poderia ter, baseado em outros confrontos que os personagens passaram pela série. A grande diferença agora era ter dragões à navios.


Todos os homens novos e os que ainda estavam em condições de lutar, foram para a guerra. Mulheres, crianças, idosos e o anão, e o eunuco, foram para a Cripta de Winterfell se protegerem da guerra, e no caso de vitória, terem ainda como darem sequência a vida nortenha.

Quando o grande momento chega, podemos esperar por tudo, afinal, Game of Thrones no ensinou a não ter expectativas ou apego aos personagens ao mesmo tempo que a última temporada permitiu sonhar um pouco.

Como se trata da grande guerra, o que podemos pensar dela? Será que a galera principal conseguiria sobreviver dessa vez? Se houverem mortes dos principais, quais poderiam ser afetados e como morreriam?

De forma geral temos um bom desenvolvimento no como cada um encarou a guerra e como se comportou. É um grande episódio, literalmente, para concluir que sim, as mudanças que muitos passaram foram real para as escolhas que fizeram para chegar ao Norte e lutar pela sobrevivência do reino.

E pensando o que mais poderia dizer e sem parece apenas um momento prolixo ou aquela coisa do "gostaria de dizer tal coisa mas isso pode estragar sua experiência e esse não é o foco do texto". Se para Vingadores Ultimato eu te disse para ver sem expectativas, aqui, te digo para acender uma vela pois a noite é longe e cheia de perigos.