Header Ads

 

Solta o Play: Sonata Arctica - Larger Than Life


Voltamos com a programação nem tão normal, mas especial do Solta o Play em abril! Depois de uma rápida pausa para uma versão música eletrônica do tema de Game of Thrones, voltamos ao tema do mês: as grandes músicas. No sentido literal da coisa: músicas mais ou menos longas, e grandes de boas e bonitas. Hoje vamos falar de um som maravilhoso, e um assunto sério: "Larger Than Life", do Sonata Arctica.

(Ah! Nas semanas anteriores fomos com Let the Storm Descend Upon You do Avantasia, e Art of Life, do X Japan. Só coisa boa)

A banda muito muito ao longo dos anos, e várias vezes não lançou músicas tão boas. Ainda assim, digo sem erro: duas músicas do Sonata salvaram a minha vida em momentos diferentes. Uma é "Paid In Full", mas essa prosa teremos em outro mês. (spoiler: agosto) Já "Larger Than Life" foi uma daquelas músicas que me deu uma direção na vida quando eu perigava de ver tudo pelo lado negativo demais, o lado depressivo e derrotista. 

O Sonata sempre teve essa pegada feliz no som. O famoso happy metal, de Edguy e Helloween. Eles sempre falaram muito da natureza, amores, e esses sentimentos introspectivos, ora por um lado mais tenso ("Don't Say a Word, "Caleb") e ora por um lado leve, esperançoso e bonito. O Pariah's Child, álbum de onde vem "Larger Than Life" é isso: um grande álbum de natal (praticamente), que te deixa com um sorriso do começo ao fim. É tão gostosinho que parece que cada música te dá um abraço.

Eu tive momentos não tão brilhantes na vida, os quais você não sabe como seguir em frente. Nada dá certo, seus projetos não funcionam, e você se vê diariamente naquela onda de tensão, o clima sério, um peso emocional que vira físico. E esquece de uma coisa chave: a vida é importante, muito. Mas se levada à sério por demais, não faz bem. O coração precisa de um carinho de vez em quando.

A orquestração de Larger Than Life não é menos que perfeita, e o vocal do Tony Kakko é ignorante de impecável. Recado dado, pegue o lenço! E solta esse play:


Letra

I climb up on the stage
Wearing an old mans face
I've said those words a thousand times
I memorized the lines of Paris, the prince and friar
I might one day play them too

To get here took its time, I forgot to make a life
Between the scripted ones I knew
When admiration grew I was only loved by few
My true love and passion everyone knew

Hamlet in lapland, king lear died in vienna
Venice and othello, madrid I am henry the 8th
I am, I am

We all shall one day become what we play
The marvelous, magical, bewildering array
Of trees and stones as we work our way up
To become these icons of lust and what not

"We live in the sin of self-indulgent, larger than life
Yeah, that's what I am!
I am a goddamn peter pan, man!
But the one palace I won't grow up in
Staged a broken leg deep in my grave"

When life becomes a play and I don't know the role
I'm cast it's all wrong out I cannot escape before the
Curtain call.
One last time build myself a wall to cry on
To hide in plain view
I will fall deeper into the role written
In a drunken haze, it seems, by the shakespeare in me

The mirror now cries, ageless mask fades to true life
To taste the immortal grace I lived the role I played
Alone in a golden cage

Life is what we make of it sometimes, sometimes
Sometimes we just want to play

So don't take life so seriously
Play, love, have fun, leave misery be
Regrets are built in a cold dark cage
Where nothing ever happens
Where nothing ever happens

So don't take life so seriously
Where nothing ever happens
Where nothing ever happens
Where nothing ever happens

I climb down from the stage
Remove the young man's face
And underneath reveal a sage
"Young man, you play my role
Breath life into that soul
Prepare to live a thousand lives"

Now when you think it's all over, you find love
A flower starts to bloom, a chapter starts anew
The greatest moment in life

Mirror still lies, time's a cruel, silent landslide
It builds you up within, destroys the shell you're in
And everything will fall into place

When life becomes a play
And I (you) don't know the role I'm cast (you're cast)

It's all wrong, but I (you) cannot
Escape before the curtain call
One last time, build yourself a wall to cry on
For anybody to see
You will fall deeper into the role you wrote in a drunken
Haze, it seems, with the shakespeare within

Stage, film and television
Twenty-four seven on the scene, I'm
Larger than life
Nightclubs, cabarets, spotlights never turn away now
Larger than life
The meaning of the fame is getting
Lesser by the day for me somehow
Larger than life
My friends all have families
Who now have their families
I lived half a century aboding deep in vanities
Am I now wise, when I've learned all the traits
Of a fool?

Sobre Bruna

Publicitária. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Se a Bahia fosse um anime, Ivete Sangalo seria a protagonista.

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.