Header Ads

 

Bilheteria de Aladdin arrecada mais de 200 milhões de dólares na estreia


Na última quinta-feira (23) Aladdin chegou aos cinemas. O filme é a nova adaptação da Disney para live-action, resgatando a magia e música da animação clássica de 1992. E a bilheteria de estreia não foi nada mal. Segundo Box Office Mojo, o longa de Guy Ritchie arrecadou US$ 207, 1 milhões no global, sendo US$ 86,1 milhões nos EUA e US$ 121 milhões internacionais.


Como sempre, vale explicar: não são valores definitivos. A tendência é que eles subam mais, pois os números só ficam mais certos no começo/metade da semana seguinte. Nos EUA, a expectativa é de que Aladdin arrecade US$ 100 milhões no Memorial Day, um dos feriados mais importantes dos norte-americanos que é celebrado nesta segunda-feira (27). A Disney espera por US$ 105 milhões, e alguns analistas mais animados preveem até mais - US$ 110 milhões.

Com os números, Aladdin superou Solo: Uma História Star Wars, lançado pela Disney no Memorial Day de 2018. O filme recebeu nota "A" do CinemaScore, e maioria do público é de 54% de mulheres, e 54% com 25 anos de idade, ou mais. O que é compreensível, afinal, são as Crianças Grandes™ que voltaram por conta do filme original.

Falando do internacional, Aladdin estreou em todos os principais mercados, exceto o Japão. Por lá o filme chega em alguns dias: 7 de junho. O principal mercado foi como sempre ela, a China, onde o Aladdin arrecadou US$ 18,7 milhões. Outros destaques incluem México (U$ 9.2 milhões), Reino Unido (U$ 8.4 milhões), Itália (U$ 6.6 milhões), Coreia (U$ 6.5 milhões), Rússia (U$ 6.4 milhões), Austrália (U$ 5.4 milhões), Indonésia (U$ 4.9 milhões), Espanha (U$ 4.8 milhões), Brasil (U$ 4.6 milhões), França (U$ 3.8 milhões), Alemanha (U$ 3.6 milhões) e Filipinas (U$ 3.4 milhões).

Aladdin é uma vitória para os live-action da Disney fora do MCU. E você, já assistiu o filme? Deixe aí um pitaco sem spoilers sobre o que você achou. 

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.