Header Ads

 

Review: Godzilla II - Rei dos Monstros (2019)

Um dos grandes nomes para estrear nesse período que está cheio de filmes, e aguardado por esse que vos escreve, chegou. Godzilla Rei dos Monstros vem para arrumar detalhes que fizeram falta no filme de 2014 (que em breve aparecerá aqui por um baú) e finalmente trazer a rinha de galo que merecemos. Esse review tende a ser muito diferente do que você costuma ver por aqui e qualquer detalhe revelado não é spoiler, é incentivo pra essa rinha de kaiju.

Monsterverse

Após os eventos do filme de 2014 apresentar o Godzilla e focar num drama de humanos que não era interessante, na sequência (e nesse meio do caminho Kong a Ilha da Caveira faz parte desse universo) corrigem boa parte disso apesar de ainda ter excesso de drama humano. Só o personagem do Ken Watanabe deveria ter falas e os que conversassem com ele.

É revelado que os titãs, nome dados aos kaijus (monstros gigantes do filme) são os antigos seres que dominaram a Terra, e agora, eles ressurgem para poder restaurar o equilíbrio natural. Após realizarem sua destruição a natureza age naturalmente na retomada. Nesse momento descobrimos que existem 17 kaijus e entre eles está o King Kong.

A rinha de galo que merecemos

No lado bom do filme o visual dos monstros, especialmente Rei Ghidorah e Godzilla, estão incríveis. Continua a leve pecada das lutas sempre serem a noite ou escurecer o ambiante, contudo, isso enaltece as cenas onde os poderes são utilizados e tornam o uso de golpes especiais, super e ultras ainda mais espetaculares.

O tempo de rinhas está melhor e poderia ser ainda melhor no filme. A trama, o lado útil, ajuda para entender um pouco mais dos kaijus e principalmente as lutas. Mais uma vez forçar na trama humana pra contrastar é algo chato assim como foi no filme anterior.

A grande estrela faz muito bem seu papel e digamos que as lutas trazem o lado japonês do filme. Cenários prontos para o caos, destruição constantes e os kaijus descendo a porrada em níveis muitos bons. Se o primeiro confronto é algo à UFC, a reta final se torna os bons tempos do Pride.

Veredicto

Godzilla é um filme que basta colocar uma história simples e diga o porque dos monstros saírem na mão e basta. A trama humana é chata e só o personagem do Watanabe acaba sendo simpatizante já que ele defende o Gojira. Outros asiáticos também se destacam um pouco, contudo, o núcleo principal poderia nem existir.

Se você quer ver uma boa briga de monstros o filme vale a pena para se distrair com essa colossal rinha e já deixa o terreno preparado Godzilla vs King Kong que vem em 2020. Honestamente o Kong não teria chance, contudo, prometem fazer uma luta diferente, então o filme deve ser assistido.

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.