Header Ads

 

Vale a pena ler de novo: retrospectiva de 21/04 a 12/05


UM SOM PRA GENTE CURTIR: Genesis - A Trick of the Tail

Foi uma pausa daquelas, eu sei. Mas depois de 84 anos, voltamos! A retrô traz algumas mudanças, e não é nada tão gigantesco, mas deve fazer a diferença. Espero. Elas serão mantidas durante o mês de maio, e dependendo de como você reagir a elas, veremos o que fazer de junto em diante. A principal das mudanças é que a retrô será quinzenal, ou seja: uma agora no meio do mês, e outra no final. E no mesmo esquema de ou na segunda, ou na terça-feira.

Os temas não seguirão um padrão como aconteceu recentemente. Voltamos à programação normal, nada normal, de falar sobre nerdices, abrir o coração nerd, tudo isso ou nada disso. Hoje? É dia de um papo diferenciado, até inusitado, porque eu acho que sim, jogos e filosofia combinam bastante.

JOGOS ONLINE: O INFERNO NA TERRA. OU NA WWW

Quando você começa a jogar online e gostar

Tal como eu comentei no Solta o Play dessa semana, eu jogo Arena of Valor. Não me orgulho, mas taí: confessei. E inúmeras vezes eu comentei como odeio jogos online. Exceto o Trove, o melhor dos jogos online, e o Spiral Knights, que é bacaninha (mas eu enjoei). E  eu infelizmente gosto do AoV. É um bom jogo de péssimos jogadores, e sistema de denúncias pior ainda. Mas a prosa não é sobre isso.

SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA

Aí você começa a pensar se o Thanos tava realmente tão errado em Guerra Infinita

Semana passada duas partidas me intrigaram. Os MOBAs têm rotas (lanes), e os heróis têm cada um a sua função: solo, mid, atirador, suporte e caçador. Pensa que o povo segue a regra? Heh. A regra do pessoal é o segura-na-mão-de-Deus-e-vai. Me aconteceu uma dessas, como sempre. Eu não jogo profissional, mas me viro. Só que nesse tipo de jogo, até pra brincar você precisa de bom senso e um pouquinho de colaboração.

O pessoal não teve, claro. A derrota foi feia, mas o pessoal quis repetir a dose. Eu fui. Amor próprio pra quê? Mas dessa vez todo mundo seguiu as funções, e escolheu personagens corretos. Não se mataram. Ganhamos. Eu pensei ah é, viu como é tão difícil jogar direito e ganhar? Coisa muito chata mesmo.

A ANALOGIA

Achou que não teria analogia mirabolante? Achou errado!

Isso me fez pensar nessas analogias malucas entre jogo e vida que eu adoro encher o saco do Renan em áudios de três, cinco minutos.

Todo mundo -ou quase- quer a fama. Viver nos holofotes, fazer comercial, ser capa de revista. Mas nem todo tá preparado pra isso. Ou simplesmente, quer isso. Ou quer do jeito que todo mundo quer. Na vida real as pessoas também tem suas funções. E existe quem não entende isso, quem não respeite isso, e quem ignore isso.

Aqui no site. Só funciona entre eu e o Renan porque a gente já achou a sincronia. Somos suportes que ajudam um ao outro nas horas brabas, e elas não são poucas. Quando um tá base, o outro vira tanque e amortece todas as cacetadas da vida, ou da rotina de escrever aqui, porque é puxado. Se a vida dá refresco, a gente atira igual Elsu cansado, acerta ou não, sai correndo e volta, repete tudo de novo.

RESPEITO É A CHAVE

Sem respeito, você dificulta a vida dos amigões da vizinhança

Entenda a sua função na vida. Talvez você tenha resiliência para aguentar porrada feito um tanque. Ou mande bem em apoiar pessoas, como um suporte. Ou seja mais falante e social, se exponha mais, o atirador. Ou você não apareça tanto, mas quando aparece, o pessoal te nota - como um caçador. Ou você lida com a sua vida, e ainda consegue dar uma ajuda aos amigos, como um mago.

Mesmo na lógica de uma empresa. Imagina se todo mundo fosse patrão? Ou se todo mundo fosse funcionário e não tivesse gerente. Se as bandas só tivessem guitarrista porque todo mundo quer solar. Sem o elenco de Vingadores: Ultimato, teria filme? Não. Mas não teria sem diretor, roteirista, sem o cara da edição, a galera da maquiagem, os incríveis dublês, os animadores, enfim.

As funções são diferentes, mas todas são importantes. E fazer elas bem, não custa. Respeitar, menos ainda. Cada um tem seu jeito, seu tempo de chegar lá. E respeitar o espaço. Não esquece dele(a), mas lembra que todo mundo também tem seu momento de ir solo um pouco. "Curtir" a bad e tal.

Essa é a chave para o sucesso. Digo sem erro. Seja num casamento, namoro, amizade, emprego, nos estudos, e nos jogos online, claro. Ninguém é igual a ninguém, graças a deus MOV. Imagina um time só de atirador? Crendeuspai. A graça é todo mundo ser diferente. Isso que dá o gás no jogo da vida.

Simbora clicar então nos destaques?

DO SITE

LANÇAMENTOS

CINEMA

JOGOS

JOGOS DE LUTA

ESPORTS

MOBILE

TV E STREAMING

HQ E MANGÁ

EVENTOS

Sobre Bruna

Entusiasta dos jogos indie, mobile e de luta. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Publicitária. Em terra de plagiador, quem tem conteúdo original é rei ou otário?

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.