Header Ads

 

6 MOBAs para jogar no PC ou celular


Começou no último fim de semana a edição 2019 do Campeonato Brasileiro de League of Legends, o CBLoLNovamente o MOBA da Riot Games entra nos holofotes do público brasileiro, e trouxe uma ideia para Pessoa que Vos Fala™ - um Cosmo Nerd sobre MOBAs. Afinal, que diabos é isso de MOBA, e quais você pode jogar no PC ou celular? É o que nós vamos responder hoje com uma seleção de seis desses jogos, cada um com prós, contras e traços particulares.


1) Profundidade estratégica? Dota 2


Criado por um fã, Dota nasceu como um mod de Warcraft 3. O MOBA original tornou-se um fenômeno gigantesco, e se afastou da inspiração. O jogo também estabilizou muitos dos elementos centrais do gênero, incluindo a câmera de visão superior, foco em atacar e defender bases, e o visual de fantasia que domina os MOBAs.

Atualmente, Dota 2 é publicado pela Valve, e o jogo se separou totalmente do universo de Warcraft. A Valve contratou os desenvolvedores do mod de Warcraft 3, e lançou Dota 2 grátis, sustentando o jogo (financeiramente) por meio de microtransações - outro padrão dos MOBAs. E o seu maior destaque é a dedicação ao passado.

Jogos de estratégia em tempo real (RTS), costumam exigir alto nível de mecânicas e conhecimento do jogador. Eles estão entre alguns dos jogos mais difíceis de dominar, e essa profundidade é sentida em Dota 2. O jogo segue sendo o mais estratégico e mecânico dos MOBAs, quando outros simplificaram a jogabilidade e tornaram seus títulos mais acessíveis para o público casual

Então se você gosta de visual e mecânicas mais à moda antiga, ou dos modos de jogo personalizados, num ambiente de MOBA, Dota 2 é a sua pedida.

2) Jogo simples e rápido? Heroes of the Storm


O primeiro MOBA foi inspirado em um jogo da Blizzard. Ainda assim, a companhia perdeu o bonde do gênero por anos. Quando ela subiu a bordo em 2015 com Heroes of the Storm (HOTS), a sensação é de ter sido tarde demais. Dota 2 e League of Legends já haviam dominado a cena, e HOTS não tinha nada único a oferecer - além de personagens dos jogos da Blizzard. Mesmo a tomada da cena competitiva foi puxada em 2018.

E é uma pena. Enquanto Dota 2 segue fiel às raízes de mod de Warcraft 3, HOTS seguiu um rumo totalmente diferente: nele o foco é você se divertir. Em HOTS você não se preocupa em farmar (juntar) ouro para comprar equipamentos, ou com estratégias rebuscadas. Você só pula no meio da confusão e começa a lutar. Na hora.

As partidas de HOTS são mais curtas e mais frenéticas. É um grande contraste em relação aos "primos ricos", onde as partidas podem durar mais de uma hora com certa facilidade. Então se você gosta dos personagens da Blizzard, e gosta da ideia de ver eles brigando, Heroes of the Storm é a sua pedida.

3) Câmera em terceira pessoa? Smite


Apesar da morte de HOTS, Smite vem uma linha abaixo. Desenvolvido pela Hi-Rez Studios, Smite tem como ponto particular a câmera em terceira pessoa. Ainda assim ele é um MOBA? Totalmente. Em Smite nem todo mundo joga só de atirador, você tem rotas, monstros neutros, torres, e o foco é a destruição da base inimiga. Sabe, as coisas que você espera de um MOBA.

Smite tem uma nota até alta no Metacritic: 83. Entretanto, a exemplo de HOTS, o jogo foi lançado tarde demais para realmente fazer frente a Dota 2 e League of Legends (LoL). O jogo saiu em 2014, época na qual os concorrentes já tinham bases de jogadores maiores e mais estabilizadas. Mesmo a parceria com a Tencent - dona da Riot Games - não ajudou a alavancar o jogo.

Mas se você quer ter ficar perto da ação, e escolher entre diferentes deuses, de diferentes mitologias para jogar Smite é a sua pedida. E com um incentivo extra, pois é grátis.

4) Para jogar no celular? Arena of Valor


Muitos MOBAs para celular são cópias das versões para PC, pois elas puxaram a fila. Aqui entra Arena of Valor (AoV), MOBA da Tencent Games, dona da Riot. AoV é literalmente uma cópia de si mesmo, pois é a adaptação de Honor of Kings (HoK), MOBA que é um verdadeiro sucesso na Ásia. É um jogo com pontos altos e baixos que vale registrar.

O jogo foca em partidas rápidas, embora às vezes não seja o caso. A parceria com a DC Comics trouxe SupermanMulher MaravilhaCoringa Batman. Já circulou a conversa do Aquaman entrar na roda, mas foi só um rumorOs modos de jogo são bacanas e relativamente variados, e não é difícil conseguir novos heróis. Conseguir skins não é impossível, mas dá um leve trabalho.

Por outro lado, Arena of Valor peca no sistema de denúncias fraco, e o servidor instável. Os trolls não são poucos, e vão testar a sua paciência Mas se você quer partidas competitivas e de contato constante, Arena of Valor é a sua pedida. Pelo menos enquanto não se confirma o rumor do LoL mobile

5) Cansou de Arena of Valor? Mobile Legends



Arena of Valor pode (e vai) testar a sua paciência. Então você talvez queira conhecer outro MOBA. Nesse caso, uma opção relativamente viável é Mobile Legends (ML), o MOBA da Moonton que tem crescido em alguns mercados... Embora o jogo também tenha pontos altos e baixos para destacar.

Os gráficos de ML são um "3D a moda antiga", ajudando a rodar em celulares mais antigos. As partidas são menos loucas, pois o mapa é maior e os contatos demoram a acontecer. A dinâmica da selva é diferente do Arena, então começando aqui e indo para lá, faz sentir a diferença. O sistema de denúncias funciona na maioria das vezes. O servidor não é perfeito, mas é bem estável.

Agora os poréns. No ML existem sim trolls, e gente que realmente não sabe jogar. É difícil conseguir skins, e você leva um tempo até juntar as moedas para comprar heróis. Nem todos são balanceados, e o ponto mais polêmico: as skins dão atributos como HP extra, mais dano. Então se você e o inimigo jogarem com o mesmo boneco, tecnicamente quem tiver skin, tem a vantagem.

Mas se você cansar do Arena of Valor, ou quiser uma experiência mais casual, Mobile Legends é a sua pedida. A dica é evitar se meter em confusão, focar nas torres, rotacionar e aproveitar ao máximo as rotações de personagens para jogar grátis.

6) Gosta de tudo um pouco? League of Legends


League of Legends (LoL) foi lançado há mais de 10 anos, mas deixou de ser o jogo mais popular do mundo. Ainda assim, quando o assunto é MOBA, o jogo da Riot Games continua o preferido entre todos os disponíveis. E não é tão difícil ver o caminho das pedras que levou a todo esse sucesso.

O jogo acertou o equilíbrio entre Dota e HOTS, onde estratégias podem ser realmente aprofundadas, e ainda assim não dificultar a entrada de novos jogadores. A Riot também sempre investe muito, seja com novos campeões, skins, modos de jogo. Isso sem falar da cena competitiva, sempre viva, o que faz a Riot a publisher de um MOBA que mais produz conteúdo de esports para o jogo.

Existem os jogadores nostálgicos. Entretanto, LoL se mantém no topo com constantes atualizações, que sempre oferecem uma experiência nova a cada temporada. Assim, a Riot evoluiu a sua base de jogadores, enquanto jogos mais antigos ficaram para escanteio. Que os jogadores de LoL sigam esse exemplo de maturidade, e também amadureçam.

League of Legends é ao mesmo tempo o passado e futuro dos MOBAs. Então se você quer ser parte dele, é a sua pedida.

Lista traduzida e adaptada do Dot Esports

Sobre Bruna

Publicitária. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Se a Bahia fosse um anime, Ivete Sangalo seria a protagonista.

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.