Header Ads

 

Seis times brasileiros disputam as finais do Metal League de Heavy Metal Machines neste sábado (6)

Seis times brasileiros estão entre os oito finalistas da segunda edição do Metal League, torneio online de Heavy Metal Machines (HMM), o MOBA de batalha de carros free-to-play da brasileira Hoplon. Esta edição dacompetição, realizada em parceria com a ESL Play, está sendo disputada em servidor sul-americano e tem premiação total de R$ 15 mil, sendo R$ 6 mil ao vencedor, R$ 4,5 mil ao segundo colocado, R$ 3 mil ao terceiro e R$ 1,5 mil ao quarto. As finais acontecem nesse sábado, 6 de julho, e serão transmitidas ao vivo no Facebook, YouTube e Twitch de HMM a partir das 15h.
As partidas decisivas serão disputadas em melhor de três e contarão com a participação dos brasileiros Roadkill, Hati Blue, Rumerus Bala, Hati Red, Rumerus Faca e Black Bull, além dos europeus da OLD_SCHOOL e Gilets Jaunes. O time Roadkill, que fez a melhor campanha até aqui, foi o sétimo colocado nas qualificatórias do primeiro Metal League, que aconteceu em abril, em servidor europeu, e foi vencido pela Neon Knights, equipe formada por jogadores russos, ucranianos e bielorrussos.

“O engajamento da comunidade brasileira nesta edição do Metal League tem sido incrível e as chances de o título ficar no país são muito grandes”, diz Rodrigo Campos, CEO da Hoplon. “Aqueles que não puderam participar do torneio já podem se organizar para buscar o título no próximo Metal League, que será disputado online a partir de 10 de agosto, em servidor norte-americano e com inscrições gratuitas”.

Jogadores de Heavy Metal Machines de todos os níveis e países, e que ainda não fazem parte de nenhum time, podem entrar no canal oficial de HMM no Discord para encontrar uma equipe: http://bit.ly/2Q067ai.

Eleito melhor novo MOBA de 2018 pelo site norte-americano MMOHuts, Heavy Metal Machines pode ser baixado de graça em https://goo.gl/1cHS5N. Para acompanhar as novidades da Hoplon, acesse http://www.hoplon.com.

Sobre Renan

Gamer que joga, escreve para gravar e a vida lhe fez fazer tudo que nunca pensou em fazer. Perito na discórdia por ter opinião, Renan também disse que nunca se referir a si mesmo na terceira pessoa por fugir da fama. Renan vem fazendo bem isso ¯\_(ツ)_/¯

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.