Header Ads

 

Vale a pena ler de novo: resumo da quinzena 01/07 a 14/07

Cena do trailer de Malévola: Dona do Mal

Um som pra gente curtir: Margareth Menezes - Faraó

Já dizia Jojo's Bizarre Adventure: ora ora ora. A vida (aquela bandida) resolveu que não tava a fim de empatar comigo, e estamos de volta. Sentiu saudade das retrôs que nós ainda não tivemos? Pois eu digo o mesmo. Por vezes eu fiquei sim sem um assunto realmente legal. Mas foi justamente quando eu fiz uma força de publicar o texto só na quinzena... Que aconteceram todos os motivos para eu ficar absolutamente pistola. O que é fácil, vale dizer.



E o cinema?

Cena do trailer de Malévola: Dona do Mal
Angelina Jolie de asas e chifres é o tipo de coisa que você não ignora, né. Convenhamos

Antes da gente talvez entrar no quebra pau nível exame de DNA, vamos conversar? Tempos ausente, certeza que muita coisa aconteceu. E o cinema, a quantas vamos? Por uns motivos bem ruins eu perdi uma série de lançamentos, mas no segundo semestre têm um monte de coisa que eu não quero perder. Em agosto com Hobbs & Shawn uns dias antes do meu aniversário, sabia?

No restante do ano ainda tem Coringa, Malévola, e eu acho que vou assistir Star Wars. Ou não, sei lá. Adoro a Daisy Ridley, mas precisa coragem pra aguentar o fã de Star Wars. Porque paciência eu já não tenho faz uma pequena eternidade.

E as séries?

Ruby Rose como Batwoman na série do CW
Se tem uma bonita eu estarei lá. Sou bem vendida sim, quase uma promoção relâmpago

Eu soube que Legion voltou. Se você tá assistindo, parabéns: taí uma pessoa de ótimo gosto, porque a série é fantástica. Se você ainda não assistiu, assiste. Eu perdi toda paciência pra assistir episódios de 40 e tantos minutos, 20 e todos episódios por temporada. Tá amarrado. Até quero ver o crossover de Crise nas Infinitas Terras porque o CW sempre fez uns crossovers bem bons. Coisa que a Marvel podia ter feito e... Cagou.

Tô de coração aberto pra ver Batwoman também. O primeiro motivo é óbvio, até porque se a bonita pega um papel maneiro e sorri sorridente, eu já começo a tietar. E a Ruby Rose é boa no sorriso. Fora que a histrória pode render uns plots muito bons, bem ricos. Chega de treco água com salsicha, pelo amor.

E os animes?

Dr. Stone novo anime do Tms Entertainment
Ohayo sekai good morning world!

Voltei para fase de querer assistir mais animes do que séries. É um formato mais curto, dá para curtir e se eu odiar, é mais fácil pra fingir que nada aconteceu. Dia 28 o Renan e eu terminamos Jojo's Bizarre Adventure - Golden Wind - o melhor anime que eu vi na vida. Não vou dar spoilers, pois a gente tá pensando em produzir coisas pós-anime. Mas Jojo é bom demais, sério. Mesmo. Assista Jojo. (*enche o sasco*)

Já estou com mais animes na fila. Fire Force é do mesmo estúdio de Jojo, e eu tô gostando. O anime é é diferente, muito bem animado. Os temas de abertura e encerramento são gostosinhos demais de ouvir. Dr. Stone eu escrevi as primeiras impressões. Desse eu tô gostando ainda mais. A animação é boa, o roteiro tem sacadas ótimas, a trilha sonora é impecável. O tema de abertura é muito hype.

Eu queria assistir Vinland Saga, mas o caneco tá cheio com história de viking.

E os gaems?

Tales of Wind é um jogo para Android e iOS
Desde o Marvel Future Fight que eu não jogo um joguinho de celular tão bom

Sim, os gaems. Eu quase não tô mais jogando no PC, confesso. Se você ainda consegue, coragem. A dor nas costas que me pega de tempos em tempos tá pesando. Então eu tô passando mais tempo no celular e descobrindo uns jogos. Milagre: larguei o Trove por causa do Tales of Wind. Pensa num treco bom de jogar? Os dois são, mas o Tales por ser para celular, me surpreendeu demais.

Larguei de ser besta e desinstalei o Arena of Valor há uns 2 meses? Talvez. O jogo é ótimo, mas não cabe no saldo de paciência não. Eu sou meio Eletrode: depois de um tempo eu estouro, heh. Você que joga, se ele te diverte, só continua. Se não, pula comigo pro Tales ou para o Mighty Quest. O Mighty é Ubisoft e sim, no começo ele é bugado. Mas quando você acostuma, se surpreende - o jogo é bom.

O que tá rolando na playlist?

Show da Invete Sangalo
Achou que não ia ter Veveta, né? Besta

Eu acabei te enganando... Desculpa? *senta no cantinho, suspirando* A gente ia sim jogar cadeira pro alto, gritar e chamar a mãe de tudo que é nome. Só que ficou bem mais legal a gente sentar e bater um papo, né? A internet já tem confusão de sair pelo nariz, deixa que na outra retrô, ou antes, eu pego o Judas que eu ia malhar hoje, e bato nele até ficar torto. Mas por enquanto deixa. Tem hora que esse tanto de treta cansa.

Então bora falar das nossas playlists? A minha tá um mix bizarro da trilha sonora de Jojo com Ivete Sangalo por motivos de você sabe. Se a Bahia fosse um anime, Ivete seria a protagonista. O negócio começou como uma brincadeira, mas eu acabei amando ouvir Veveta. Agora eu quero decorar a letra de Faraó que ok, é da Margareth Menezes, mas é uma letra muito bem escrita.

E a vida, hein?

Imagem preto e branco da Rosa Parks
Tem dias que você acorda só a Rosa Parks

Essa bandida que a gente tanto ama, mas tanto faz a gente sofrer. Viver tá ficando uma coisa esqusita, e você deve estar percebendo. Muita confusão, tragédia, luzes de gente incrível se apagando. Eu vou sentir uma baita falta do Paulo Henrique Amorin, por exemplo. É um aviso pra gente brigar. Mas é pra deixar uma marca positiva na vida, uma que não se resuma a xingamento e #facista e #comunista e essas ladainhas todas.

Tá muito difícil mesmo se aproximar das pessoas nos dias de hoje, então vai com cuidado. Nem todo mundo é tão bem intencionado assim. Do mesmo jeito que nem todo mundo é um diabo. O detalhe é que a diferença entre um e outro tá ficando bem pequena. Se aproxime de quem te faz bem, e quem não te faz, você Faz a Katia Cega™. Também vale pra quem um dia começou a te fazer mal. O povo muda, e às vezes não é pra melhor.

Recado dado, você pode colar com a gente no Twitter e Facebook, assim você não perde nada. Tem o Instagram também. No Insta pode faltar tudo, menos um motivacional duvidoso, um meme ou um cosplay de Jojo. Ah: você pode seguir minhas aventuras mal humoradas lá na rede do passarinho.


Do site

Cinema

Jogos

Jogos de Luta

Esports

Mobile

TV e Streaming

Eventos

HQ e Mangá

Sobre Bruna

Publicitária. Mini Wikipedia de Scarlett Johansson Facts™. Se a Bahia fosse um anime, Ivete Sangalo seria a protagonista.

Siga no Twitter!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.